A evolução dos aparelhos de televisão trouxe consigo diversas tecnologias, e nomes como TV LED, QLED e OLED que dizem respeito ao tipo de tecnologia.

Estes modelos de TV são cada vez mais populares, ficaram mais finos e com maior dimensão, e apresentam  cada vez mais alta qualidade de imagem.

E, a cada ano que passa, as marcas evoluem e melhoram os seus modelos. Por isso é essencial entender as suas diferenças de forma a fazer a melhor compra.

De forma a garantir que se faz a escolha do modelo ideal seguem-se algumas dicas para ajudar a decidir qual televisor adquirir de entre as opções LED, QLED ou OLED!

Ler também: 4 dicas para te ajudar a escolher uma TV
Ler também: Qual a diferença entre uma TV Full HD e 4K?

Tabela de Conteúdos

TV LED

Televisão Ledd LG modelo 43UM7100PL
TV LED LG 43UM7100PL

As TVs LED foram o primeiro passo para os avanços tecnológicos no mercado de televisores e vieram substituir os tradicionais LCD’s.

Este modelo funciona de forma semelhante ao LCD, porém com cores mais vivas e brilhantes, sendo uma ótima opção para quem procura um ecrã com boa qualidade de imagem e ao mesmo tempo económico.

As suas principais vantagens são o reduzido gasto de energia em relação às TVs LCD convencionais e melhor contraste de imagem (uma vez que são sustentadas por vários pontos luminosos em vez de um).

Procuras uma TV LED?
Vê os mais de 1000 modelos de TV LED que temos para ti!

TV Samsung QE55Q85R QLED
TV Samsung QE55Q85R QLED

TV QLED

A tecnologia QLED – Quantum Dot Light Emitting Diodes, desenvolvida pela Samsung, é baseada em pontos quânticos. Ou seja, minúsculos cristais que absorvem determinadas frequências de luz e emitem outras mediante a necessidade.

Esta tecnologia garante imagens com muito mais brilho, contraste e cores ainda mais próximas da realidade, bem como sensação de maior profundidade nas imagens.

Alguns dos seus pontos fortes são o brilho e saturação de cor que conseguem níveis excepcionais devido ao desempenho dos quantum dots, permitindo ver nitidamente mesmo em ambientes muito iluminados.

Quanto a ângulo de visualização vão perdendo qualidade à medida que a visualização deixa de ser frontal. Ou seja, se nos deslocarmos para o lado, a qualidade de cor e contraste reduzem.

Embora seja característica das TV QLED ter um tempo de resposta muito rápido, entre 2 a 8 milissegundos, este tempo fica muito aquém daquilo que o OLED faz.
O tempo estimado de vida deste tipo de televisor é um fator de distinção, pois excede em muito o tempo que atualmente é esperado para ter um destes equipamentos.

Vantagens Desvantagens
Cores e imagens mais brilhantes Visualização não frontal retira qualidade de imagem
Maior profundidade nas imagens Pretos mais “acinzentados”
Nitidez mesmo em ambientes muito iluminados
Reduzido consumo de energia

Procuras uma TV QLED?
Vê os mais de 1000 modelos de TV QLED que temos para ti!

smart tv OLED Lg
LG 55C9PLA OLED

TV OLED

O ecrã das televisões deste tipo dispõem de controlo de brilho e contraste muito superior e exibindo tons escuros mais acentuados.

Dispõem de imagens mais suaves e redução de movimento, apresentando tons negros perfeitos e cores vibrantes presentes nas imagens do mundo real.

Habitualmente apresentam imagens mais suaves e redução de movimento com o objetivo de exibir o “preto real” e cores vibrantes em vez de tons acinzentados.

Finíssimo e com um design estiloso, o ecrã de uma TV OLED não tem mais de 1cm de espessura. Por isso, muitos modelos dessas TVs têm os altifalantes e entradas HDMI e USB agrupados no suporte ou num soundbar separado.

Uma das grandes vantagens desta tecnologia é o seu baixo consumo de energia, e também tem um ângulo de visualização muito mais abrangente do que os restantes modelos do mercado.

Continua a ser uma tecnologia cara e com um tempo de duração mais curto do que as restantes tecnologias, apesar de exceder o que na realidade será o curso de vida de um aparelho de TV.

Esta é uma tecnologia exclusiva da marca Coreana LG, no entanto atualmente já se podem encontrar estes painéis noutras marcas nomeadamente Sony e Panasonic.

Vantagens Desvantagens
Tons escuros mais acentuados Tempo de vida do equipamento mais reduzido
Ângulo de visão mais abrangente Preços mais elevados
Baixo consumo de energia

Procuras uma TV OLED?
Vê os mais de 1000 modelos de TV OLED que temos para ti!

Outras características importantes

A escolha de uma televisão depende, em boa parte, do sítio onde esta será colocada e da experiência que se pretende ter enquanto utilizador. Habitualmente uma televisão para a sala requer um nível de tecnologia mais elevado e que consiga oferecer uma maior experiência a nível de cores e som.

Em contrapartida, adquirir uma televisão para a cozinha ou outra divisão da casa não requer exigência ao nível máximo, uma vez que normalmente são utilizadas mais esporadicamente.

Desta forma, existem características importantes a ter em conta no momento da escolha tais como a dimensão, resolução da imagem e também o tipo de ecrã.

Resolução da imagem

Falar da resolução de imagem é o mesmo que falar da qualidade que se pretende que o ecrã tenha. Quanto maior for o número de pixels presente na televisão, mais qualidade a imagem irá ter.

Ao nível da resolução de ecrã existem opções como o HD Ready, Full HD, 4K Ultra HD e 8K ou Full Ultra HD.

O HD Ready apresenta uma boa resolução de imagem e conta com um milhão de pixels, no entanto é inferior ao Full HD que apresenta mais de 2 milhões de pixels para garantir maior resolução de imagem.

O 4K ou Ultra HD é o que oferece melhor resolução e dispõem de mais de oito milhões de pixels que garantem elevada qualidade de imagem.

Chamada de full Ultra HD ou 8K, esta resolução é 16 vezes maior que o full HD, sendo atualmente a que se utiliza em modelos de televisão topo de gama.

Dimensão da televisão

A dimensão da televisão é medida desta na diagonal, e corresponde ao tamanho que esta irá ocupar de um canto ao outro, excluindo a moldura presente à volta do equipamento.

De forma a escolher a dimensão apropriada deve-se ter atenção à distância entre o sítio onde se pretende estar sentado, e o local onde estará instalado o aparelho.

Tamanho do Equipamento Distância adequada para colocação do equipamento
Até 32” polegadas Até 1.5 metros
Entre 32” e 39” polegadas De 1.5 a 2 metros
Entre 40” e 45” polegadas De 2 a 2.5 metros
Entre 46” e 55” polegadas De 2.5 a 3 metros
Mais de 55” polegadas Superior a 3 metros

Tipo de ecrã

Existem dois tipos de ecrã, os planos e os curvos.

Os ecrãs curvos conseguem garantir uma experiência melhorada porque permitem uma visualização mais imersiva e criam a sensação de ecrã maior.

Por outro lado, os ecrãs planos garantem uma ótima experiência num ângulo de 180º.

Smart TV sim ou não?

Uma smart TV tem como principal característica a ligação wi-fi que permite aos utilizadores a instalação de aplicações. Por esta mesma razão, habitualmente, são aparelhos que necessitam de algumas atualizações frequentes.

Cada fabricante disponibiliza um conjunto de aplicações dependendo do modelo da smart TV por isso, as aplicações presentes podem variar.

Alguns modelos já mais avançados oferecem a possibilidade de conexão com assistentes virtuais permitindo ao usuário o controlo da TV pela voz.

Para quem gosta de entretenimento este tipo de televisor pode ser uma peça fundamental em casa, pois permite o acesso a aplicações de streaming para visualização de conteúdos.

Conclusão

A escolha do tipo de televisão depende se diversos factores como já foi referido, no entanto o principal fator de decisão passa pelo nível de exigência de cada pessoa.

Embora tanto QLED como OLED sejam tecnologias muito boas e com excelentes produtos no mercado, o OLED acaba por apresentar mais vantagens em aspectos como a utilização mais confortável e com mais impacto no quotidiano.

João Correia
Autor

Gestor de Conteúdos no KuantoKusta, Techie entusiasta por PC building e fã acérrimo de videojogos. Na estrada, opta pelas 2 rodas e conduz uma Sym Jet 14

Comentários