Star Wars: Rise of Skywalker (que estreia esta semana) marca o fim de uma saga que já se estende por mais de 4 décadas. Desde do lançamento do primeiro capitulo em 1977 que Star Wars se tornou em uma das franchises mais lucrativas de sempre tendo enorme peso e influência junto a várias gerações.

 

A Força que despertou em 1977

Quando lançado o primeiro episódio deva simplesmente pelo nome de Star Wars, uma Space Opera baseada a eterna luta do bem contra o mal. O mal assume forma no Império todo poderoso e o bem numa rebelião que tenta trazer justiça a uma galáxia oprimida.

Criado por Jorge Lucas, este universo teve um sucesso inusitado logo a partir do seu primeiro filme. Na altura do seu lançamento, Star Wars tinha efeitos especiais ímpares algo que não tinha sido feito até então, uma autêntica obra prima artística que fez com que toda a trilogia sobrevivesse com classe ao teste do tempo. Já teria o filme mais de 10 anos quando o vi pela primeira vez e era sem dúvida o mais incrível filme que havia visto em termos de efeitos especiais, quase 20 anos mais tarde com as remasterizações ainda se sentia actual, o que é dizer muito para um filme desta natureza.

Escusado dizer que foi um imenso sucesso de bilheteira e Jorge Lucas que havia detido todos os direitos do filme, visto que a 20th Century Fox não acreditava no sucesso da ideia ter abdicado do ditos, pode abrir a icónica LucasFilm

Esta primeira trilogia segue Luke Skywalker desde do seu inicio humilde numa quinta ao papel de escolhido e salvador da Galáxia. Acompanhado pelos rebeldes que tentam libertar a Galáxia do poder do império.

A primeira trilogia foi um enorme sucesso com o seu ritmos frenético, drama, humor, com efeitos especiais de outro mundo  e uma banda sonora conseguida de forma brilhante, por aquele que se tonou das maiores referências musicais de Hollywood,Jonh Wlliams, Star Wars tornou-se assim um ícone. Mesmo assim tivemos 16 anos de hiato até Gerge Lucas nos brindar com a trilogia de prequela.

 

A chegada de Anakin na viragem do milénio

Em 1999 chega finalmente um novo filme de Star Wars, um vazio tinha preenchido o coração dos fãs um pouco por todo o mundo, vazio que os levou a ver vezes sem conta os 3 filmes que entretanto foram melhorados com mais cenas e arranjos técnicos, os jovens adultos que viram Star Wars chegar aos cinemas em 1977 já tinham apresentado os seus filhos a este universo. E eis que chega Phantom Menace e este marca o inicio da aventura de Anakin antes de se tornar em Darth Vader numa história com muita inspiração biblica e com o regresso de Lucas à direcção de filmes após uma longa ausência.

 

Apesar de algumas criticas menos positivas a segunda trilogia foi um sucesso de bilheteira e merchandise, levou a franquia novos voos em termos de cenas de acção e um escopo mais abrangente.

Enquanto corria esta segunda trilogia foi lançada a aclamada série de animação The Clone Wars que seguia as Aventuras de Anakin Skywalker e Obi-Wan Kenobi durante a guerra dos clones que definiu a queda tanto dos Jedi como da República.

 

O Despertar da força

Dez anos passados da Vigança dos Sith, a força retorna na forma da terceira geração de Skywalker com um esmagador sucesso de bilheteiras o Despertar da Força é o primeiro filme de Star Wars feito sobre a alçada da Disney que havia entretanto comprado a LucasFilm e sua propriedade intelectual.

A Terceira geração de filme começou forte e faz-nos seguir Ben Solo e Rey, temos a despedida do legado de Luke e da liberdade da segunda República que começa a sucumbir sobre o peso de uma nova ameaça que toma forma como a Primeira Ordem.

Já o segundo filme perdeu algum fulgor com algumas opções a caírem debaixo de muitas criticas.

O final anunciado

A Ascensão de Skywalker marca curiosamente o final da saga desta tão importante família. O mundo sustem a respiração à espera de um final digno para 42 anos de história.

A resposta está nos cinemas a partir de 20/12/2019 e só podemos esperar que seja épico. Até lá encontra o melhor do merchandising de Star Wars aqui

 

 

 

The following two tabs change content below.
João Correia
Gestor de Conteúdos no KuantoKusta, Techie entusisasta por PC building e fã acérrimo de videojogos.
João Correia

Latest posts by João Correia (see all)