O iPhone SE poderá tornar-se num dos melhores negócios de 2020 para quem procura um novo smartphone.

Foi em 2016 que a Apple lançou para o mercado, pela primeira vez, um equipamento invulgar: um iPhone com uma carcaça igual ao do iPhone 5S (lançado em 2013) mas com algumas melhorias e recursos do iPhone 6S (o topo da linha do gigante de Cupertino na altura).

O seu tamanho mais reduzido (o iPhone SE era mais pequeno – 4.0 polegadas – do que o iPhone 6 e 6S – 4.7 e 5.5 polegadas respetivamente) e um preço mais apelativo foram os fatores de sucesso para a venda deste modelo.

Quatro anos após o lançamento da última versão do iPhone SE, a Apple surpreendeu o mundo com o lançamento da sua nova versão em 2020.

Imagem: Apple.com

A Apple decide então repetir a fórmula que teve tanto sucesso anos antes, ao lançar o novo iPhone SE. Desta vez, re-utilizaram o exterior e alguns componentes do tão amado iPhone 8 e misturaram com alguns componentes chave do iPhone 11 Pro.

Que componentes passam do iPhone 11 Pro para o iPhone SE? O processador A13 Bionic e a câmara. Mas já lá vamos!

Características Gerais do iPhone SE

Característica Apple iPhone SE
Processor A13 Bionic
Capacidade 64GB, 128GB e 256GB
Sistema Operativo iOS 13.4
Display 4.7 polegadas Retina HD LCD
Resolução 1,334×750 (16:9)
Câmara traseira 12MP f/1.8
Câmara frontal 7MP f/2.2
Carregamento Entrada Lightning com carregamento rápido (carrega até 50% em cerca de 30 minutos com o adaptador de 18 W ou superior)
Dimensões 138.4 x 67.3 x 7.3 mm
Peso 148g
Touch ID Sim
Resistência à água IP67
NFC Sim
Audio jack Não

Design do iPhone 8 com pequenas mudanças

O iPhone SE conserva a mesma carcaça que durante anos cobriu o iPhone 8, com estrutura em vidro resistente e alumínio.

O display de 4.7 polegadas, o home button com Touch ID, que deixou muitas saudades em muitos fans da marca depois do aparecimento do Face ID, também regressam.

Apenas o logotipo na parte traseira é que muda de sítio, passando para o meio do equipamento.

Relativamente às cores, o iPhone SE 2020 vem em 3 diferentes: branco, preto e vermelho (PRODUCT)RED.

Imagem: Apple.com

Com cada venda de iPhone SE de cor (PRODUCT)RED, a Apple irá contribuir para uma causa solidária, como tem sido hábito em anos anteriores. Desta vez será para o Fundo Mundial para no combate à COVID-19.

Ainda, e ao contrário do que aconteceu com o iPhone 8 em 2017, apenas a parte traseira do iPhone SE alterna de cor, sendo que a parte frontal do equipamento mantém a cor preta em todos as variantes deste modelo.

Regressa o display com 4.7 polegadas!

Para quem está habituado aos ecrãs maiores, que ocupam quase 100% da parte frontal do equipamento, este display poderá parecer estranho.

Isto porque, ao contrário da grande maioria dos smartphones lançados em 2019-20, o display do iPhone SE conta apenas com 4.7′‘.

O iPhone SE oferece o que Apple chama de Retina HD. Isto resume-se a um LCD com uma resolução de 1334×750 píxeis a 326 ppp (píxeis por polegada), ao contrário do iPhone 11 Pro que conta com ecrã de tecnologia OLED com uma resolução de 2436×1125 píxeis a 458 ppp.

Imagem: Apple.com

De outros modelos, o iPhone SE traz também a tecnologia True Tone, o que ajuda a que o equipamento se adapte às condições de luz do ambiente em que está.

Eis uma comparação entre o iPhone SE e os modelos 11 Pro e 11 Pro Max no que diz respeito ao ecrã:

Característica iPhone SE iPhone 11 Pro iPhone 11 Pro Max
Polegadas 4.7 5.8 6.5
Ecrã Retina HD Super Retina XDR Super Retina XDR
Tecnologia Ecrã LCD Multi-Touch com tecnologia IPS Ecrã OLED Multi‑Touch integral Ecrã OLED Multi‑Touch integral
Resolução 1334×750 píxeis a 326 ppp 2436×1125 píxeis a 458 ppp 2688×1242 píxeis a 458 ppp
HDR Não Sim Sim
Contraste 1400:1 (normal) 2.000.000:1 (normal) 2.000.000:1 (normal)
True Tone Sim Sim Sim
Gama de Cores Ecrã com vasta gama de cores (P3) Ecrã com vasta gama de cores (P3) Ecrã com vasta gama de cores (P3)
Luminosidade Máx. de 625 nits (normal) Máx. 800 nits (normal); Máx. de 1200 nits (HDR) Máx. 800 nits (normal); Máx. de 1200 nits (HDR)

O mesmo processador A13 Bionic do iPhone 11 Pro

O iPhone SE 2020 conta com o processador A13 Bionic, o mesmo que encontramos no iPhone 11 Pro.

É o melhor processador que é possível encontrar num smartphone deste preço… e talvez até em qualquer smartphone.

O processador é também importante por outro motivo: garante que este modelo da Apple irá contar com vários updates de OS nos próximos anos.

Como exemplo, quem comprou o iPhone SE de 2016, contou com updates até 2019. Sim, três anos de atualizações num equipamento que não pertence ao topo de gama da marca.

Já em comparação, os dispositivos Android contam, em média, com cerca de 2 anos de updates de OS.

Câmara frontal de 7MP e traseira de 12 MP

O iPhone SE conta com uma câmara frontal de 7 MP para selfies, e apenas uma câmara traseira de 12 MP.

São menos duas câmaras traseiras do que o topo de gama iPhone 11 Pro, que tem um sistema triplo de câmaras ultra grande angular, grande angular e teleobjetiva de 12 MP.

Em ambientes com boa luz, a câmara do iPhone SE é bastante competente, uma das melhores (se não mesmo a melhor) em smartphones com apenas uma lente traseira.

O sistema de câmara inclui o modo retrato, que permite desfocar o segundo plano mesmo em modo selfie.

A ausência de um modo noturno faz com que a câmara do iPhone SE perca na performance, quando comparada com a do seu irmão mais potente.

No que a gravação de vídeo diz respeito, e à semelhança do que já acontece com o iPhone 11 Pro, a câmara traseira do iPhone SE permite gravar vídeos 4K até 60 fps (frames por segundo) e 1080p a 120 ou 240 fps em câmara lenta.

Quanto à câmara frontal, apenas permite a gravação a 1080 píxeis, ao contrário do iPhone 11 Pro que permite até 4k.

Ainda, o iPhone SE tem estabilização de imagem o que ajuda a que durante corridas, ou outro tipo de atividade que envolva movimento, a imagem se mantenha estável.

Capacidade de Armazenamento

O iPhone SE conta com três níveis de memória interna: 64GB, 128GB e 256GB.

O preço do equipamento varia consoante o nível de armazenamento. Mas lá chegaremos!

Bateria para um dia inteiro

No que diz respeito à bateria, o iPhone SE 2020 tem uma autonomia semelhante àquela verificada no iPhone 8.

Ou seja, é possível utilizar o equipamento durante um dia completo, mas pouco mais do que isso.

Imagem: Apple.com

Ainda, e à semelhança de outros anos, a Apple continua a não divulgar a potência da bateria.

No site oficial, a Apple diz o seguinte:

“Com o iPhone SE, pode ver até 13 horas de vídeo com uma única carga. Quando ficar sem bateria, só tem de o pousar num carregador sem fios ou ligar a um adaptador de carregamento rápido de 18 W, capaz de chegar dos zero aos 50% em apenas 30 minutos.”

Outras características

  • Toque háptico;
  • Realidade aumentada;
  • Gravação de áudio em estéreo;
  • Bluetooth 5.0;
  • Wi-Fi 6 e 4G LTE Advanced;
  • Partilha de áudio;
  • NFC;
  • Carregamento sem fios;
  • Dual SIM.

Preço

Em Portugal, os preços do novo iPhone SE são 499€ para a versão de 64GB, 549€ para a versão do iPhone SE com 128GB e finalmente 699€ para a versão com capacidade de armazenamento de 256GB.

Perguntas Frequentes sobre o iPhone SE

1. O iPhone SE é resistente à água e ao pó?

Sim. O iPhone SE é resistente à água até um metro de profundidade durante 30 minutos, e também às poeiras, já que conta com o certificado IP67.

2. O iPhone SE tem entrada para audio jack?

Não. À semelhança dos modelos anteriores, o iPhone SE apenas permite ligar acessórios com conetividade Lightning.

3. Existe algum adaptador para audio jack na caixa?

Não, a caixa do iPhone SE inclui:

  • iPhone com iOS 13;
  • EarPods com conetor Lightning;
  • Cabo Lightning para USB;
  • Adaptador de corrente USB;
  • Documentação.

4. Como saber qual a capacidade de armazenamento ideal para mim?

Ora, a resposta a esta pergunta é: depende.

Se o objetivo for aproveitar as capacidades da câmara fotográfica, seja para fotografia ou vídeo, manter várias aplicações ou guardar uma grande quantidade de músicas no dispositivo, então o modelo de 64 GB deverá ficar fora das opções, especialmente para aqueles que não querem depender de serviços de cloud.

Para a generalidade das pessoas, o iPhone SE com 128 GB de armazenamento deverá ser suficiente.

5. Os acessórios do meu iPhone 6, 6S, 7 e 8, funcionam no iPhone SE?

Sim. O facto do iPhone SE ter a mesma forma e tamanho das versões anteriores, acessórios como a capas ou vidros temperados feitos para essas versões são válidos para este novo iPhone SE.

Para quem é este iPhone?

Com este produto, a Apple acerta em todos os pontos básicos e importantes para quem procura um smartphone: boa qualidade de construção, boa câmara, bom display, boa qualidade de som e boa bateria.

Não se excede em nenhum dos pontos essenciais mas, para a maioria dos utilizadores, isso é suficiente.

Além de tudo referido acima este smartphone é… um iPhone. Um iPhone budget, mas um iPhone.

Muitos dos que se agarram ainda ao iPhone 6, 6S, 7 e 8, seja pelo fator tamanho, ou pelo fator preço, e que simplesmente rejeitam a hipótese de mudar para um dispositivo Android, podem agora ver uma luz ao fundo do túnel. É para estes que o novo modelo do iPhone é dirigido!

O iPhone SE é a resposta para aqueles que querem continuar a usar iOS, e apps como o iMessage ou o iCloud, sem ter de investir mais do que 500€ num smartphone.

Esta é a proposta da Apple com o lançamento do iPhone SE.

Resumo

O iPhone SE de 2020 poderá muito bem vir a tornar-se no iPhone mais vendido de sempre.

Com grande performance, graças ao processador A13 Bionic, e com um preço bastante apelativo, poucos são os argumentos que se colocam contra a aquisição desde iPhone VS outras opções, para a grande parte dos utilizadores dos produtos da Apple.

Pros Contras
Incrível relação qualidade/preço Design antigo
Performance ao nível dos topo de gama Ecrã pequeno, quando comparado com outros equipamentos com preço idêntico
Boa câmara para fotografia e video em ambientes de luz Câmara não tem modo noite
Updates de software futuros
Chip A13 Bionic dá grande performance

 

José Matos
Autor

Apaixonado por Tecnologia, Cinema, Design e Dragon Ball (como qualquer puto dos 90). O seu mais recente projeto é o de tornar a sua casa numa smart home, e para isso já conta com o Google Nest Mini e o Mi Robot Vacuum Mop 1C da Xiaomi.

Comentários