Para os adeptos de jogos, principalmente aqueles que adoram jogar no computador, este tipo de equipamento indicado para gaming é indispensável.

Apesar de ser fundamental para o bom desempenho de jogo, escolher um portátil gaming pode ser uma missão um pouco complicada, principalmente para quem não sabe as características a que se deve dar prioridade.

Pode-se dizer que o segmento gaming é complexo desde a escolha dos computadores até à escolha dos periféricos: ratos, teclados e até headphones.

Por isso, para ajudar a fazer a melhor escolha no que a portáteis gaming diz respeito, são exploradas neste artigo as principais características a ter em conta no momento da escolha , e ainda um top 10 melhores portáteis gaming 2020.

Tabela de Conteúdos

Os 10 melhores portáteis gaming em 2020

Asus Gaming Laptop 15.6" F571LI-50BT5PS1
Asus Gaming Laptop 15.6″ F571LI-50BT5PS1

1. Asus Gaming Laptop 15.6″ F571LI-50BT5PS1: escolha económica

  • Processador: Intel Core i5-10300H;
  • Placa Gráfica: NVIDIA GeForce GTX 1650 Ti 4GB GDDR6;
  • RAM: 12GB DDR4;
  • Memória: 512GB SSD;
  • Ecrã: 15.6 polegadas Full HD (1920 x 1080) IPS, 60Hz;
  • Preço: disponível desde 880€.

No primeiro lugar da lista dos melhores portáteis gaming encontra-se uma solução económica: o Asus Gaming Laptop 15.6″ F571LI-50BT5PS1.

Como tal, este portátil gaming não garante uma performance elevada de processador nem a nível de placa gráfica para jogos super exigentes. Para quem quer 200 ou 300 FPS com resoluções e definições de vídeo no máximo, este PC não é o ideal.

Normalmente este equipamento é recomendado para pessoas que estão à procura de um portátil para iniciantes do gaming e que não pretendem fazer um investimento elevado.

Para além disso, é também indicado para que tem um orçamento restrito uma vez que este equipamento está disponível desde 800€.

Por último, este computador gaming é também ideal para quem procura um portátil para estudar e que permita ainda sessões de gaming.

Este portátil gaming da Asus é constituído por um processador i5 e uma placa gráfica de 4GB GDDR6. Contudo, é na RAM e no monitor que este modelo tem dois handicaps: tem 12GB de RAM e um ecrã que funciona a 60Hz.

No entanto, é preferível escolher um PC com um pouco menos de RAM, do que um processador ou gráfica menos potente.

Lenovo Legion 5 15ARH-057 15.6"
Lenovo Legion 5 15ARH-057

2. Lenovo Legion 5 15ARH-849 15.6″: desempenho equilibrado até 1100€

  • Processador: AMD Ryzen 7 4800H;
  • Placa Gráfica: NVIDIA GeForce GTX 1650 Ti 4GB GDDR6;
  • RAM: 16GB DDR4;
  • Memória: 512GB SSD;
  • Ecrã: 15.6 polegadas Full HD (1920 x 1080) nível IPS, 120Hz;
  • Preço: desde 1100€.

O Legion 5 da Lenovo é um dos portáteis gamimg que consegue oferecer um desempenho equilibrado, sendo por isso adequado para quem gosta de sessões de jogo.

O processador AMD Ryzen 7 funciona a uma frequência de 2.9 GHz e tem como parceiros uma placa gráfica da NVIDIA de 4GB GDDR6 e 16GB de RAM.

O seu ecrã apresenta uma taxa de atualização de 120Hz e uma dimensão de 15.6 polegadas.

portátil gaming MSI GF65 Thin
MSI GF65

3. MSI GF65 15.6″: a escolha acertada nos 1100€

  • Processador: Intel Core i5-9300H;
  • Placa Gráfica: NVIDIA GeForce RTX 2060 6GB GDDR6;
  • RAM: 16GB DDR4;
  • Memória: 512GB SSD;
  • Ecrã:  15.6 polegadas Full HD (1920×1080), Nível IPS, 120Hz;
  • Preço: desde 1100€.

O GF65 da MSI é uma das melhores escolhas que se pode fazer em portáteis gaming a rondar os 1100€.

Esta máquina é composta por um processador i5 de 2.40 GHz que, apesar de ser da gama média da Intel, apresenta uma resposta bastante competente para diversos jogos.

A juntar ao cérebro deste MSI encontram-se 16GB de RAM e uma gráfica NVIDIA RTX 2060 de 6GB GDDR6. Ainda na parte do desempenho visual, encontra-se um ecrã de 15.6 polegadas Full HD de 120Hz.

No que ao armazenamento diz respeito, o SSD de 512GB está presente para armazenar jogos e outros ficheiros.

Por último, esta é uma opção que permite boa mobilidade devido às duas dimensões e peso, uma vez que este é um portátil gaming leve pois tem menos de 1.90 kg.

Portátil Gaming HP Omen 15-EN0002NP
HP Omen 15-EN0002NP

4. HP Gaming OMEN 15-en0002np

  • Processador: AMD Ryzen 7 4800H;
  • Placa Gráfica: NVIDIA GeForce GTX 1650 Ti 4GB GDDR6;
  • RAM: 16GB DDR4;
  • Memória: 512GB SSD;
  • Ecrã: 15.6 polegadas Full HD (1920 x 1080) nível IPS, 144Hz
  • Preço: desde 1300€.

Para quem não sabe, a OMEN é a linha gaming da HP.

Pode-se dizer que o HP Gaming OMEN 15-en0002np é competente para o seu preço. O processador com clock de i7 2.9GHz e os 16GB de RAM asseguram o correto funcionamento da máquina como um todo.

A placa gráfica de 1650 Ti 4GB GDDR6, juntamente com o ecrã de 144Hz, são responsáveis por garantir o desempenho visual para as sessões de gaming.

portátil gaming Aorus 5 MB-7PT1130SD
Aorus 5 MB-7PT1130SD

5. Gigabyte Aorus 5 MB-7PT1130SD: relação qualidade / preço

  • Processador: Intel Core i7-10750H;
  • Placa Gráfica: NVIDIA GeForce GTX 1660 Ti 6GB GDDR6;
  • RAM: 16GB DDR4;
  • Memória: 512GB SSD;
  • Ecrã: 15.6 polegadas Full HD (1920 x 1080) nível IPS, 144Hz;
  • Preço: desde 1150€.

O Aorus 5 MB da Gigabyte é um portátil que oferece boas especificações, qualidade e desempenho por um preço “agradável”.

Equipado com um potente i7 de 2.6GHz e 16GB de RAM, para que o processamento e capacidade de lidar com muitas tarefas não seja comprometido. Este PC conta ainda com 512GB de armazenamento SSD para jogos e ficheiros.

O ecrã de 15.6 polegadas com 144Hz de taxa de atualização alimentado por uma placa gráfica de 6GB GDDR6 da NVIDIA irão providenciar boas sensações de jogo.

portátil gaming MSI 15.6" GL65 Leopard 10SDK-036XPT
MSI 15.6″ GL65 Leopard 10SDK-036XPT

6. MSI 15.6″ GL65 Leopard 10SDK-036XPT: escolha de excelência

  • Processador: Intel Core i7-10750H;
  • Placa Gráfica: NVIDIA GeForce GTX 1660 Ti 6GB GDDR6;
  • RAM: 16GB DDR4;
  • Memória: 1TB SSD;
  • Ecrã: 15.6 polegadas Full HD (1920 x 1080) nível IPS, 120Hz;
  • Preço: desde 1200€.

A MSI é uma das mais completas marcas no mundo dos jogos eletrónicos e tem uma variedade de portáteis gaming incrível.

Tal como o modelo anterior da Gigabyte, o MSI GL65 Leopard 10 SDK-036 encontra-se equipado com um processador de 10ª geração da Intel Core i7, a mesma placa gráfica NVIDIA com 6GB de memória GDDR6, os mesmos 16GB de memória RAM e, para uma experiência de jogo fluida, um ecrã com 120Hz.

A grande diferença deste entre este modelo e o já referido Gigabyte é a capacidade de armazenamento. O MSI tem 1TB de SSD, o dobro do modelo da gigabyte.

Para quem procura um portátil da mesma gama, mas com um ecrã de dimensões superiores, o GL75 pode ser a solução ideal.

Gigabyte Aorus 7 KB-7PT1130SD
Portátil Aorus 7 KB-7PT1130SD

7. Gigabyte Aorus 7 KB-7PT1130SD: boa escolha em 17 polegadas

  • Processador: Intel Core i7-10750H;
  • Placa Gráfica: NVIDIA GeForce RTX 2060 6GB GDDR6;
  • RAM: 16GB DDR4;
  • Memória: 512GB SSD;
  • Ecrã: 17.3 polegadas Full HD (1920 x 1080) nível IPS, 144Hz;
  • Preço: desde 1350€.

Para quem gostou do Aorus 5 MB, dadas as suas características e potência, mas quer um portátil gaming grande sem gastar uma fortuna a Gigabyte criou o Aorus 7 K.

No que ao processador, memória RAM, e capacidade de armazenamento diz respeito, o 7 KB é igual ao 5 SB. Como tal, nele é possível encontra o processador i7 de 2.6GHz, 16GB de RAM e 512GB de SSD.

A grande diferença situa-se na parte gráfica, nesta encontra-se um ecrã de 17.3 polegadas de 144Hz alimentado por uma gráfica de 6GB GDDR6 da NVIDIA.

Todas estas características irão providenciar ao jogador uma experiência de jogo incrível.

Portátil gaming Asus ROG Zephyrus G14 GA401IV
Asus ROG Zephyrus G14 GA401IV

8. Asus ROG Zephyrus G14 GA401IV: a escolha certa em 14 polegadas

  • Processador: AMD Ryzen 9 4900HS;
  • Placa Gráfica: NVIDIA GeForce RTX 2060 Max-Q 6GB GDDR6;
  • RAM: 32GB DDR4;
  • Memória: 1TB SSD;
  • Ecrã: 14 polegadas Full HD (1920 x 1080) nível IPS, 120Hz;
  • Preço: desde 2400€.

O Zephyrus G14 é um modelo que pretence à linha gaming da Asus, a ROG.

Este modelo de 14 polegadas com uma taxa de atualização de 120 Hz pode ser uma excelente escolha para quem procura portabilidade e desempenho, a um preço justo considerando as especificações.

O Zephyrus G14 tem o processador da gama mais potente da AMD – Ryzen 9 – oferecendo assim um desempenho inquestionável.

De forma a garantir que a performance deste portátil gaming não é comprometida, este modelo inclui uma placa gráfica com 6GB de memória GDDR6 e 32GB de memória RAM.

O Zephyrus conta ainda com um SSD de 1TB e diversas entradas para garantir um vasto leque de opções de conetividade.

Portátil Gaming MSI 17.3" GS75 Stealth 10SGS-096PT
MSI 17.3″ GS75 Stealth 10SGS-096PT

9. MSI 17.3″ GS75 Stealth 10SGS-096PT: o melhor portátil para gaming

  • Processador: Intel Core i9-10980HK;
  • Placa Gráfica: NVIDIA GeForce RTX 2080 Super Max Q 8GB GDDR6;
  • RAM: 64GB DDR4;
  • Memória: 2TB SSD;
  • Ecrã: 17.3 polegadas Full HD (1920×1080), 300Hz, Nível IPS;
  • Preço: desde 3800€.

Da MSI, uma das melhores e mais prestigiadas marcas no mundo do gaming, este portátil é a escolha perfeita para um desempenho incrível e para quem não tem um orçamento “apertado”.

O GS75 está equipado com um dos melhores processadores que se podem encontrar: o i9-10980HK da Intel.

Este processador exige parceiros de trabalho igualmente competentes. Como tal, a MSI juntou uma gráfica GeForce RTX 2080 de 8GB GDDR6 e uns impressionantes 64GB de memória RAM.

O ecrã de 17 polegadas consegue atualizar a imagem a 300Hz que, juntamente com a placa gráfica, processador, e RAM, vão proporcionar sessões de gaming únicas e memoráveis.

Esta máquina conta com 2TB SSD de armazenamento, fazendo com que espaço para jogos, filmes, músicas e outros ficheiros, não falte.

Todo este conjunto de especificações faz deste modelo da MSI o melhor portátil para gaming do mercado.

Portátil Gaming Asus ROG Zephyrus Duo 15
Asus ROG Zephyrus Duo 15

10. Asus ROG Zephyrus Duo 15: luxo em gaming e muito mais

  • Processador: Intel Core i9-10980HK;
  • Placa Gráfica: NVIDIA GeForce RTX 2080 Super 8GB GDDR6;
  • RAM: 32GB DDR4;
  • Memória: 2TB SSD;
  • Ecrã: 15,6” Full HD (1920×1080) IPS, 300Hz + ecrã tátil de 14.1” (3840 x 1100);
  • Preço: desde 5000€.

O Zephyrus Duo 15 da Asus é um portátil gaming e…muito mais do que isso. Acredite-se ou não, esta máquina surpreende os adeptos de gaming.

Este PC tem características topo de gama, praticamente iguais às do MSI apresentado anteriormente, nomeadamente: processador Intel Core I9 que funciona a 2.4GHz, placa gráfica de 8GB GDDR6, um ecrã de 300Hz com 3ms de resposta e, ainda, 2TB SSD de armazenamento.

No entanto, o MSI apresentava uns impressionantes 64GB de RAM, enquanto este Asus Duo 15 apresenta “apenas” 32GB.

Mas o que tem este modelo de tão surpreendente? Um segundo ecrã! Neste PC é possível encontrar um segundo ecrã e tátil. Este funciona exatamente como se fosse um segundo monitor, tornando o PC mais versátil.

Com base nesta “funcionalidade extra”, este PC é uma escolha de excelência para quem procura um portátil gaming com mobilidade que também responda a outras necessidades, tais como: editar vídeos, produção musical, entre outras.

O segundo ecrã é um bónus luxuoso e diferenciador que resulta num preço que não está ao alcance de todas as carteiras.

Como escolher o melhor portátil gaming para mim?

Numa primeira fase é preciso definir o orçamento. De nada serve escolher o melhor processador, placa gráfica e a maior capacidade de memória RAM, caso o orçamento não permita comprar um computador com essas características.

Depois, numa segunda fase, é necessário considerar o tipo de jogador que irá utilizar o portátil gaming (iniciante; intermédio que joga regularmente; experiente e exigente) e quais as necessidades.

Posto isto, aqui ficam as especificações essenciais a analisar na escolha do melhor portátil gaming.

1. Processador: Intel ou AMD?

O processador é o “cérebro” do computador, sendo responsável pela velocidade de execução de todas as tarefas.

Nesta matéria existem dois grandes fabricantes de processadores: a Intel e a AMD. Estas marcas oferecem processadores equivalentes: os Intel Core i e os AMD Ryzen.

Como tal, seja qual for a escolha para equipar o PC, é certo que se irá sempre ficar bem servido.

Habitualmente os processadores Intel Core i9 / AMD Ryzen 9 estão presentes em computadores de alto desempenho. Este tipo de processador garante a maior capacidade de processamento existente no mercado.

Seguem-se os processadores Intel Core i7 / AMD Ryzen 7 que são ideais para sessões de gaming exigentes. Oferecem uma experiência de utilizador fluída para várias tarefas em simultâneo, como por exemplo jogar e fazer streaming.

Por último, existem ainda o processadores Intel Core i5 / AMD Ryzen 5. Um processador de topo desta gama pode ser suficiente para dar resposta a alguns jogos.

Se estivermos a falar de um processador de elevado desempenho, em alguns casos, até pode ser melhor do que um i7 / Ryzen 7 mediano, porque oferece uma maior velocidade de processamento.

Ainda nos processadores, é preciso ter em consideração a frequência de funcionamento dos mesmos. Esta frequência é medida em GHz e é também conhecida como a “velocidade” do processador.

Neste aspeto não há que enganar, quanto maior a frequência melhor será o desempenho.

2. Placa gráfica: NVIDIA ou AMD?

Neste ponto há algumas especificações que precisam ser analisadas com alguma cautela.

Existem dois grandes nomes neste mercado: NVIDIA e AMD.

Esta é uma situação semelhante à dos processadores, as concorrentes fabricam vários modelos que oferecem desempenhos equivalentes.

É importante por isso falar sobre a GPU, também conhecida como Graphics Processing Unit (Unidade de Processamento Gráfico).

Quanto maior for o valor do clock da GPU, melhor será o desempenho da placa para processar as imagens gráficas e atualizá-las no ecrã, este valor é medido em MHz.

Além do clock é preciso analisar a memória da placa gráfica. Grande parte dos utilizadores escolhe (erradamente) a placa gráfica apenas quantidade de memória que esta tem disponível.

Esta memória serve para armazenar as informações visuais durante o jogo e servi-las mais “rapidamente”. Assim, neste campo, placas de 2 GB são superiores a placas de 1 GB.

No entanto, há outros componentes da placa que podem fazer com que uma placa com menor quantidade de “GB” possa ser superior a um modelo com o dobro desse número, mas com interface e módulos antigos.

Por exemplo, para quem não sabe, GDDR é a tecnologia de módulos onde a memória de vídeo é armazenada. Um módulo GDDR6 é bastante mais atual e melhor do que uma DDR3.

Resumindo, deve-se escolher uma placa gráfica com uma frequência de funcionamento alta (clock), uma boa memória e tecnologia de módulos de armazenamento recentes.

Dica: Para facilitar a escolha, uma boa forma de analisar a performance de uma placa gráfica é procurar sites onde são realizados testes de benchmark do equipamento (analisar clock, memória e módulos de memória).

Em muitos destes sites é possível até comparar diretamente diferentes placas gráficas.

3. Memória RAM: qual o valor mínimo?

A memória RAM é também responsável por ajudar o processador a realizar várias tarefas ao mesmo tempo.

O valor mínimo indispensável são 8GB. No entanto, para garantir um desempenho fluido, onde se “correm” jogos, sistema operativo e outros softwares, o ideal são os 16GB de RAM.

Valores superiores a 16GB de RAM são recomendados para usos extremamente exigentes, como por exemplo simuladores de corrida ou de voo enquanto o jogador faz stream do conteúdo.

4. Capacidade de Armazenamento: SSD ou HDD?

O espaço no disco e a velocidade com que a escrita e leitura de informação é realizada no mesmo, são características importantes na compra de um portátil gaming.

Não há nenhum gamer que queira esperar uma eternidade para que o jogo carregue, sobretudo quando se trata de jogos online. Com base nesta premissa, recomenda-se um portátil com disco SSD.

Os SSD são melhores e mais rápidos a carregar o sistema operativo, os jogos e outros softwares. Para além disso, este tipo de armazenamento é mais resistente do que o tradicional HDD.

Como tal, para os gamers que se dedicam apenas a jogos “relativamente leves” no que ao armazenamento diz respeito, como por exemplo CS:GO, aconselha-se um SSD de 256GB. Com esta capacidade poderá ser instalado o jogo e o sistema operativo.

Para os jogos que necessitam de mais espaço (ex: Call of Duty) ou para os gamers que que têm uma biblioteca de jogos extensa, recomenda-se um SSD de 512GB. Assim, poderão ser instalados os jogos e o sistema operativo na mesma unidade de armazenamento.

Para quem tem vídeos, filmes, músicas e fotos no portátil, um HDD tradicional pode ser um excelente aliado para armazenar estes ficheiros. Aliás, muitos portáteis gaming são acompanhados de um HDD de 500GB ou de 1TB.

5. Ecrã: dimensões, taxa de atualização, tempo de resposta e resolução

Dimensão

Pode parecer uma missão simples escolher entre um ecrã de 15 ou 17 polegadas, mas para um gamer não é assim tão simples.

À partida, se um gamer quer um portátil é porque precisa de mobilidade. Caso contrário, normalmente, a escolha incide sobre um computador fixo.

Escolher entre um portátil de 15 ou de 17 polegadas pode significar ter, respetivamente: um portátil mais fácil e leve de transportar devido às dimensões e peso, ou ter um portátil com um ecrã de dimensões mais adequadas para as sessões de gaming.

Neste campo deve ser o utilizador a escolher a dimensão que oferece melhor resposta às suas necessidades.

Taxa de atualização

Continuando nas especificações dos ecrãs, é preciso ter em atenção a taxa de atualização. Esta taxa é medida em Hertz e refere-se ao número de frames por segundo que o monitor consegue mostrar.

Quanto maior for o número de Hertz, maior será o número de imagens mostradas por segundo e consequentemente maior será a fluidez da imagem.

Para quem procura uma solução mais económica, um ecrã de 60 Hz é a típica escolha, que equipa os monitores comuns.

Para gaming recomenda-se um ecrã com, pelo menos, 120 Hz.

Tempo de resposta

O ecrã é mesmo algo que se deve escolher com bastante critério. Ainda neste componente é preciso considerar o tempo de resposta que é medido em milissegundos.

Quando se está a jogar, é normal que existam mudanças de cenários que acontecem em frações de segundos e com uma elevada frequência.

Estas mudanças fazem com que o monitor tenha que adaptar a imagem que está a mostrar. O tempo de resposta mede a velocidade com que a imagem vai do cinza e volta novamente ao cinza.

As mudanças de cenas com grande movimentação ou contraste fazem com que exista um borrão na imagem, conhecido como“ghost” (efeito fantasma).

Quando o ecrã possui um tempo de resposta inferior, este efeito é reduzido. E por menor que pareça ser a diferença entre 1, 4 e 8 ms, o impacto para redução do efeito pode ser perceptível.

Como tal, o ideal é escolher o ecrã com menor tempo de resposta possível.

É importante salientar que os ecrãs dos portáteis, geralmente, não oferecem tempos de resposta tão bons quanto os monitores gaming externos (1 ms).

Resolução do ecrã

Para terminar a análise ao ecrã, deve-se ainda ter em conta a resolução ou seja, o nível de detalhe que o ecrã disponibiliza.

Diferentes portáteis apresentam resoluções de ecrã distintas, sendo as mais comuns:

DesignaçãoResolução
Ultra HD “4K3840×2160
HD 1080p1920×1080
HD 720p1280×720

Praticamente todos os gamers querem os jogos com uma resolução incrível. Mas atenção, resoluções altas fazen com que a performance do PC a nível de FPS seja inferior. Para além disso, há muitos portáteis gaming que não possuem resoluções 4K.

Dica: Se o objetivo é adquirir um portátil gaming para transportar regularmente, aconselha-se um ecrã de 15 polegadas.

Para garantir um maior conforto em casa, a aquisição de um monitor externo com, pelo menos, 120 Hz e 1 ms de resposta pode ser uma excelente solução. Assim, evita-se a compra de um portátil de 17 polegadas que será mais difícil de transportar.

Conectividade: tudo o que é preciso

O Wi-Fi e Bluetooth acompanham praticamente qualquer modelo de computador mais recente e a entrada HDMI está presente em quase todos, ou mesmo todos, os computadores portáteis.

Para além do HDMI uma entrada Mini Display Port também pode ser importante, principalmente nos casos em que se pretende ligar o portátil a um monitor externo de 120 Hz.

Isto porque existem entradas HDMI que não suportam taxas de atualização elevadas (iguais ou superiores a 120 Hz), enquanto uma Mini Display Port suporta.

O USB continua a ser um dos fatores principais de conexão, seja para ligar um rato gaming ou outro dispositivo, como por exemplo: um disco externo, pen, entre outros.

Se for possível escolher, deverá privilegiar-se entradas USB 3.0 ou Thunderbolt™ 3 (USB-C), que é oito vezes mais rápido que o USB 3.0.

Lista de acessórios úteis

Se o objetivo é escolher e comprar um portátil gaming, existem acessórios essenciais, seja para conservar o computador ou para melhorar a performance no jogo.

Começando pelo aumento de performance, em praticamente todos os jogos é necessário o uso de um rato.

Os ratos para gaming são essenciais para garantir movimentos suaves, fluidos, precisos e com um tempo de resposta rápido.

Para quem pretende ter um dos melhores ratos gaming do mercado, é essencial analisar e perceber bem todas as características que um rato gaming deve ter de forma a conseguir dar resposta às necessidades do jogador.

De forma a que não se perturbe as pessoas à volta com os sons do jogo os auscultadores também são fundamentais.

Para quem prefere um portátil gaming com um ecrã menor porque precisa de mobilidade, mas gostava mesmo era de ter o conforto de jogar num computador fixo, aconselhamos a compra de um monitor externo com dimensões generosas de 22 a 27 polegadas com, pelo menos, 120Hz de frequência e 1ms de resposta.

De forma a tornar o PC portátil num fixo só resta uma componente: um teclado gaming.

Escolher um dos melhores teclados gaming para sessões de jogo pode não ser tarefa fácil. No entanto, esta  escolha deve ter sempre em conta o conforto que este oferece, precisão no registo da informação, rapidez no processamento dos inputs do jogador e ainda funcionalidades extras essenciais em alguns jogos.

Por último, existem acessórios que ajudam a preservar o portátil.

Para conservar a nova aquisição, são essenciais acessórios como as bases de arrefecimento (coolers), pois fazem com que o ar circule melhor pelo portátil, fazendo com que este arrefeça mais eficazmente, evitando o seu sobreaquecimento.

Conclusão

A escolha de um portátil gaming é uma tarefa que requer pesquisa e análise. Deve-se ter em conta especificações como o tamanho do ecrã, a placa gráfica, memória e processador.

No entanto, também poderão ser analisadas outras características, nomeadamente: o teclado do portátil e a sua iluminação, materiais de fabrico, espessura e peso do computador, entre outros.

Apesar de ser fundamental analisar todas estas características, o portátil gaming escolhido deve ser sempre escolhido com base nas necessidades do jogador e seguindo o orçamento definido.

André Freitas
Autor

O André anda sempre de mão dada com a tecnologia, o desporto e o gaming. Prefere iOS ao Android, e divide o seu tempo entre a família, o ginásio, onde passa horas a treinar, e os amigos. Tem ainda uma pequena paixão pelo mundo automóvel.

Comentários