Apesar da sua simplicidade, o ferro de engomar é um eletrodoméstico essencial nas tarefas domésticas de qualquer pessoa. Só o facto de manter a roupa passada, sem dobras e vincos, e em perfeitas condições, já é uma ajuda para não fazer má figura no trabalho. Assim, a pensar em quem pretende um novo companheiro para passar a ferro, neste artigo vão estar listados os melhores ferros de engomar de 2021.

Entre as diferentes tipologias e especificações técnicas, este artigo aborda tudo o que é necessário para uma compra acertada e, claro, para encontrar o próximo melhor amigo da roupa lá de casa.

Tabela de Conteúdos

Sugestões de compra: e os melhores ferros de engomar de 2021

Os modelos escolhidos estarão separados por categorias, sendo que cada categoria tem as suas próprias especificações técnicas.

Ferros de Engomar a Seco

Severin Ferro de Engomar
Severin Ferro de Engomar

Severin Ferro de Engomar BA 3211

Um ferro que, apesar de clássico, tem um depósito de água. O Severin Ferro de Engomar BA 3211 tem um preço bastante competitivo atrativo, é um modelo que transporta quem o utiliza para os princípios dos ferros de engomar. Ideal para utilizações espaçadas e de curta duração.

Características

  • Depósito de água: 0,05 lM;
  • Termóstato regulável: Sim;
  • Potência: 1200 W;
  • Peso: 600g;
  • Limpeza Automática: N/A;
  • Vapor contínuo: N/A;
  • Base: Alumínio Polido;
  • Modo ECO: N/A
Philips GC 160
Philips GC 160

Philips GC 160

Na relação qualidade/preço, o Philips GC 160 é, claramente, um dos melhores no segmento dos ferros de engomar mais convencionais. Este sim, o verdadeiro ferro de engomar a seco.

Características

  • Depósito de água: N/A;
  • Termóstato regulável: N/A;
  • Potência: 1200 W;
  • Peso: 900g;
  • Limpeza Automática: N/A;
  • Vapor contínuo: N/A;
  • Base: Inox;
  • Modo ECO: N/A.

Ferros de Engomar a vapor

Bosch TDA503001P
Bosch TDA503001P

Bosch TDA503001P

O ferro a vapor TDA503001P, da série Bosch DA50, apresenta uma base especial da marca CeraniumGlisée, uma das melhores do mercado. É constituído por uma série de canais injetores de vapor que garantem uma distribuição perfeita do vapor, bem como um deslizamento máximo, simplificando significativamente a tarefa de engomar.

É um modelo de alta qualidade e performance, a um preço de mercado atrativo e competitivo. Um sucesso, praticamente, certo lá em casa!

Características

  • Depósito de água: 0,350 l;
  • Termóstato regulável: Sim;
  • Potência: 3100 W;
  • Peso: 1,62 kg;
  • Limpeza Automática: Sim;
  • Vapor contínuo: Sim;
  • Base: Glisee Ceranium;
  • Modo ECO: Sim.
Rowenta Steamforce DW 9240 D1
Rowenta Steamforce DW 9240 D1

Rowenta Steamforce DW 9240 D1

O ferro Rowenta Steamforce DW9240D1 possui um design profissional e inovador que, com as suas características de ponta, o tornam num dos melhores ferros de engomar de 2021.

Ideal para o uso diário e ambientes profissionais, é a escolha perfeita para quem simplesmente deseja o melhor.

É um modelo topo de gama, com características e funcionalidades inovadoras, que nada tem a invejar aos ferros profissionais. Prova disso, é ser um dos modelos mais vendidos, senão o mais, dentro da sua categoria.

Características

  • Depósito de água: 0,400 l;
  • Termóstato regulável: Sim;
  • Potência: 3100 W;
  • Peso: 1,8 kg;
  • Limpeza Automática: Sim;
  • Vapor contínuo: Sim;
  • Base: Inox;
  • Modo ECO: Sim.

Ferros de Engomar com Caldeira

Rowenta Ferro com Caldeira DG9226F0
Rowenta Ferro com Caldeira DG9226F0

Rowenta Ferro com Caldeira DG9226F0

Para quem está interessado num ferro de engomar com caldeira, topo de gama, com uma excelente relação qualidade/preço, o modelo DG9226F0 é um dos mais completos e atrativos da marca Rowenta.

Ideal para usos intensivos, grandes quantidades de roupas por passar, famílias de 4 ou mais elementos, enfim, uma série de prós que dificilmente se encontram noutro modelo.

Por outro lado, como recursos disponíveis, é de destacar: a sua autonomia, a capacidade do reservatório de água (removível) e o sistema de transporte de uma mão.

Características

  • Depósito de água: 1,3 l;
  • Termóstato regulável: Sim;
  • Potência: 2400 W;
  • Peso: 5,4 kg;
  • Limpeza Automática: Não;
  • Vapor contínuo: Sim;
  • Base: Base de ferro Microsteam 400 HD Laser;
  • Modo ECO: Sim.
Bosch TDS4070
Bosch TDS4070

Bosch TDS4070

Trata-se de um modelo de gama média, muito fácil de usar e com autonomia ilimitada, que permitir passar uma grande quantidade de roupa numa única sessão. Ideal para quem procura ferro de engomar com caldeira robusto e fiável.

Por outro lado, o Bosch TDS4070 incorpora a tecnologia EasyComfort que, com um único ajuste de temperatura, permite passar qualquer tipo de roupa ou tecido sem ter que configurar nenhum controlo, ou verificar as recomendações das etiquetas.

Características

  • Depósito de água: 1,3 l;
  • Termóstato regulável: Sim;
  • Potência: 2400 W;
  • Peso: 3,414 kg;
  • Limpeza Automática: Não;
  • Vapor contínuo: Sim;
  • Base: CeraniumGlissèe Pro;
  • Modo ECO: Sim.

Ferros de Engomar Verticais

Philips GC524 60
Philips GC524/60

Philips GC524/60

Ideal para quem não pretende fazer um grande investimento neste segmento de ferros. Contudo, será surpreso de certeza. O Philips GC524/60 é dos melhores ferros de engomar verticais de 2021.

É um modelo simples e intuitivo. Com características muito boas, e com a garantia e a tranquilidade de uma marca como a Philips. Ideal para retoques rápidos de última hora ou para roupas delicadas ou difíceis de passar.

Características

  • Depósito de água: 1,6 l;
  • Termóstato regulável: Sim;
  • Potência: 1.600 W;
  • Peso: 3,414 kg;
  • Limpeza Automática: Sim;
  • Vapor contínuo: Sim;
  • Escova: Sim;
  • Automonia: 50 minutos.
ferro vertical Rowenta Ixeo - QR1020D1
Rowenta Ixeo – QR1020D1

Rowenta Ixeo – QR1020D1

Sem necessidade de uma tábua de engomar tradicional, o Rowenta Ixeo é a solução perfeita para uma sessão rápida e roupa sem vincos diariamente. A tábua integrada ajustável de 3 posições oferece uma nova experiência de engomar, mais leve, com um design ergonómico e vapor de elevada eficiência.

Estamos perante um dos melhores modelos do mercado. A qualidade, design e segurança, da marca Rowenta, garantem resultados espetaculares. É ideal para qualquer utilizador que esteja a fazer um verdadeiro investimento num ferro de engomar.

Características

  • Depósito de água: 1,6 l;
  • Termóstato regulável: Sim;
  • Potência: 1.600 W;
  • Peso: 13,5 kg;
  • Limpeza Automática: Sim;
  • Vapor contínuo: Sim;
  • Escova: Sim;
  • Automonia: N/D.

Ferros de Engomar de Viagem

Rowenta Escova de Vapor DR8150D1
Rowenta Escova de Vapor DR8150D1

Rowenta Escova de Vapor DR8150D1

Este é um modelo muito prático e recomendado para quem procura um ferro de engomar de viagem com pequenas dimensões.  O Rowenta Escova de Vapor DR 8150D1 é ideal para preparar uma camisa para uma reunião de negócios em 5 minutos.

Características

  • Depósito de água: 0,190 l;
  • Termóstato regulável: Sim;
  • Potência: 1.600 W;
  • Peso: 2,56 kg;
  • Limpeza Automática: Sim;
  • Vapor contínuo: Sim;
  • Base: Cerâmica.

Que tipos de Ferros de Engomar existem? Quais as suas diferenças?

Se fosse necessário criar uma lista de indispensáveis para casa, o ferro de engomar diria presente, sem dúvida, alguma. Contudo, não pode ser um ferro qualquer.

Cada modelo tem as suas próprias características e, na hora de escolher, é preciso saber se corresponde verdadeiramente às necessidades diárias. Daí a necessidade de entender as diferentes tipologias e que diferenças existem entre elas.

Existem principalmente 5 tipos de ferros de engomar. O propósito dos tipos é o mesmo, mas a escolha de um ou outro, tal como referido, dependerá de uma série de fatores.

Ferros de Engomar a Seco (Clássicos)

Estes são os ferros “mais” tradicionais, e embora em desuso, ainda continuam a existir no mercado.

A principal característica deste ferro é passar a seco. Através de energia elétrica, ao passar pela resistência (a base), esta é transformada em energia térmica, permitindo assim a engomagem.

Vantagens

  • Apenas utiliza energia elétrica.
  • Custo de aquisição bem inferior quando comparado outros tipos de ferros de engomar.

Desvantagens

  • Por o aquecimento ser apenas provido por energia, pode significar que a roupa pode não ficar totalmente passada.
  • A resistência se não for de qualidade pode acabar por queimar com o tempo.
  • Se obriga a mais “passagens”, pode obrigar a mais esforço na hora de passar a ferro.
  • Gasto de eletricidade.

Ferros de Engomar a Vapor

Os ferros a vapor acabam por ser a evolução dos ferros tradicionais. Essa evolução significou o acrescento de um pequeno depósito destinado a ser enchido com água para que quando o ferro aquece, a água sai em forma de vapor pelos orifícios situados na base do ferro, permitindo um engomar eficiente e eficaz, o que facilita a eliminação de vincos e rugas.

Além disso, têm um regulador de temperatura que deve ser utilizado consoante o tipo de tecido (é importante não deixar queima a roupa).

São os mais comuns nas casas dos portugueses.

Vantagens

  • Os ferros de engomar a vapor exigem muito menos esforço para passar a roupa, deslizando com facilidade e passando até os tecidos mais grossos.
  • Regulador de temperatura adaptável ao tipo de tecido, podendo assim engomar a maior parte dos tecidos, dos mais frágeis aos mais resistentes.
  • Aquecimento rápido da água do reservatório.
  • Ocupam muito pouco espaço.
  • Fáceis de transportar.

Desvantagens

  • Acumulação de calcário. Para contrariar esse facto, recorrer à água destilada, de forma a prolongar a durabilidade do ferro.
  • Necessidade de estar constantemente a encher o depósito de água com grandes quantidades de roupa.

Ferros de Engomar com Caldeira

Este tipo de modelo vem com um reservatório de água (capacidade de armazenar mais água) que pode ser ou não amovível. Apesar do seu preço, em qualidade e eficácia, estes estão em primeiro lugar na escolha das donas de casa.

Os ferros de caldeira ganharam o seu lugar no mercado pela sua excelência em passar roupa a ferro.

Vantagens

  • Ideal para passar grandes quantidades de roupa, pela sua rapidez, eficácia e armazenamento de água.
  • Elevada quantidade e potência de vapor, não é necessário passar os dois lados da roupa, pois o vapor penetra na roupa, deixando-a sem vincos ou dobras.
  • Grande capacidade do reservatório de água.

Desvantagens

  • Ocupam mais espaço e são mais pesados. Neste aspeto, a caldeira não é muito útil.
  • Ligações existentes. A que liga o ferro à caldeira e a que liga a caldeira à corrente).
  • Preço mais elevado comparativamente aos restantes modelos.

Ferros de Engomar Verticais

Este tipo de ferros são mais comuns em lavandarias. Contudo, também existem sistemas de engomar verticais ideais para ter em casa. Diferentes dos tradicionais, oferecem resultados fantásticos.

São ótimos para peças de roupa como lençóis, cobertores, cortinas, estofos, fatos, vestidos, etc. (já para não falar que podem dar uma perninha em sofás e carpetes!)

Vantagens

  • Permitem passar peças “mais” complicadas.
  • Sistema de suporte ideal para transportar entre divisões.
  • Grande capacidade do reservatório de água.
  • Facilidade de manuseamento.

Desvantagens

  • Oferta de mercado. Tal como referido são mais utilizados em “modo negócio”.
  • Preço de compra.
  • Arrumação. Apesar de ser fáceis de transportar, para arrumar, devido ao seu tamanho, podem ser mais difíceis de acomodar.

Ferros de Engomar de Viagem

Pequenos, leves e portáteis, tornam-se muito práticos para transportar e usar em viagem. Funcionam a seco, não possuem reservatório de água e, por consequência, não produzem vapor. Ideias para tratar pequenas dobras ou vincos.

Vantagens

  • São de pequenas dimensões. Ocupam pouco espaço.
  • Práticos e fáceis de transportar.
  • Ideais para emergências.

Desvantagens

  • Utilização pontual.

Quais as principais características a ter em conta antes de comprar um ferro de engomar?

Agora que os tipos de ferros de engomar estão identificados, chega a hora de olhar para os principais critérios de compra. Sim, porque um ferro de engomar não se compra subitamente.

Com efeitos, à luz das diferenças apresentadas, os pontos mais importantes a ponderar, no global, são:

Consumo energético

Poucas pessoas sabem, mas um dos pontos menos positivos dos ferros de engomar é o consumo energético. Antes de comprar qualquer modelo, olhar para classe energética pode ajudar a poupar na conta da luz.

Capacidade do reservatório de água

Cada tipo de ferro tem o seu próprio tamanho (os que têm, claro). Logo, quanto maior o volume do reservatório, maior a autonomia.

A título de curiosidade, um reservatório de 1 litro poderá oferecer uma autonomia entre 60 a 90 minutos (ferros de engomar com caldeira). Um reservatório mais pequeno (ferro de engomar a vapor) obrigará a mais reabastecimento.

Este é um dos pontos mais importantes a ser tido em consideração na hora de escolher um tipo de modelo ou outro.

Comprimento do cabo

Um cabo mais curto pode ser um incómodo na altura de passar a ferro. Um cabo maior, deslizante é bastante mais cómodo.

Tipo de material (base/resistência)

Os principais materiais utilizados são: alumínio, inox e cerâmica. O mais comum é o inox, com variações de marca para marca. A cerâmica é a mais resistente e eficaz. O alumínio está associado aos ferros de engomar mais baratos.

Referir que, dependendo do material, o preço do ferro pode variar.

Peso da base/resistência

Um ferro mais pesado pode ser uma verdadeira tortura. Apesar de “passarem” mais vincadamente, ao nível de manuseamento pode influenciar a rapidez da passagem.

Dizer também que, o peso está relacionado com o tipo de material da base. A cerâmica é mais pesada.

Potência

No mercado é possível encontrar ferros que variam de 1800W a 3000 ou até 4000W. Quanto mais potência, maior será o jato de vapor e melhor será o engomar.

Função Anti-alcário

Por exemplo, Portugal é conhecido por ser um local onde as águas são duras. Logo, um contrabalanço é necessário. Com o avançar da tecnologia, os ferros de engomar ganharam esse mesmo contrabalanço, com funções anti-calcário.

Assim, se a função anti-calcário estiver presente, irá influenciar a vida útil do aparelho.

Função de limpeza automática

Ao ativar esta função, um forte jato de vapor passa por todos os orifícios, limpando os possíveis restos de sujidade na base/resistência.

Regulador de temperatura (Termóstato regulável)

Esta ferramenta é extremamente útil para evitar possíveis “queimaduras” na roupa. Desta forma, é possível controlar a temperatura da água e, assim, evitar magoar tecidos mais frágeis.

Pulverizador de vapor

É conveniente que o ferro tenha esta função para os vincos mais difíceis. É utilizado para humedecer e amaciar os tecidos, facilitando a movimentação nas roupas e o seu alisamento.

O pulverizador de vapor, no entanto, serve também para gerar uma saída de vapor extra para os vincos mais difíceis em tecidos mais grossos.

Além de estes critérios de compra, é necessário pensar ainda em 3 outros pontos. No caso, considerações a ter, são elas:

Preço

Face aos tipos diferentes tipos ferros de engomar é natural que cada um deles tenha preços diferentes. Numa escala de preço, os ferros a seco seriam os mais baratos e os ferros com caldeira os mais caros. Contudo, dependendo da marca e do tipo de gama, cada modelo adapta o seu valor.

Por outro lado, o preço poderá ser sempre um indicador para definir um orçamento a gastar na altura da compra.

Volume de roupa a passar

Este ponto pode ser visto consoante o número de pessoas lá em casa. Para quem mora sozinho, um ferro a vapor é o mais indicado. Se for uma família, um ferro com caldeira. Para quem está sempre de um lado para o outro, um ferro de viagem.

Frequência de utilização

Este ponto acaba por ser transversal a qualquer tipo de compra. Face às necessidades de utilização, é importante encontrar um modelo que “não canse” e seja prático de arrumar e montar em qualquer sessão de passar a ferro.

E escolha lá de casa é…

Em suma, nesta lista dos melhores ferros de engomar de 2021, o melhor mesmo é escolher sempre o tipo de ferro mais indicado para as necessidades diárias. Depois de o fazer, partir para a pesquisa e analisar cada um dos modelos pretendidos.

Entre a rigidez dos clássicos e a irreverência dos verticais, o que importa mesmo é sair à rua sem vincos ou dobras visíveis.

David Afonso
Autor

O David é um apaixonado por LEGO. Adora gaming, tech stuff, ver séries e tem um TOC por colecionismo. Gosta de escrever sobre as suas áreas de interesse, mesmo estando isolado na ilha juntamente com os outros sobreviventes do voo Oceanic 815.

Comentários