Com o início do outono, vêm os dias mais curtos e as noites mais frias. As temperaturas descem e já sabe bem chegar a casa e desfrutar de um ambiente confortável, quentinho.

Manta no sofá nunca falha, mas há dias em que não chega. Isto porque a maioria das casas portuguesas apresenta um mau desempenho térmico. Na verdade, somos o 4oº país da União Europeia com as casas menos protegidas (1). Construiu-se (e ainda se continua a construir) a achar que temos um clima ameno e que o isolamento térmico das casas não era algo prioritário.

Ora acontece que temos várias zonas do país com amplitudes térmicas enormes, pense-se no Alentejo, por exemplo, que nada têm de ameno. Além disso, devido às alterações climáticas, temos lidado com cada vez mais vagas de frio e calor extremo. E segundo o mais recente relatório da ONU sobre o clima, as coisas ainda vão piorar antes de começarmos a sentir mudanças.

Soluções práticas para casas frias

Passar frio em casa é muito desconfortável. A solução mais eficiente seria fazer melhorias no isolamento da habitação, no entanto isso requer tempo e dinheiro. Assim, a solução mais prática e imediata é manter o aquecedor portátil ligado.

O dilema é: como escolher o melhor aquecedor? Elétrico, a óleo, a gás… Há tantas alternativas no mercado que torna-se difícil saber. Para tentar ajudar, vou deixar uma lista das diferentes opções, vantagens e desvantagens e ainda os modelos mais recomendados.

Vamos fazer subir a temperatura?

Tabela de Conteúdos

Termoventiladores

Os termoventiladores são pequenos aquecedores elétricos equipados com uma ventoinha que distribui o ar quente por toda a divisão. Têm, por isso, a vantagem de fornecer um fluxo substancial de ar quente de forma imediata.

Incluem também um termóstato, ou seja, um dispositivo que controla as variações de temperatura do aquecedor e cuja função principal é manter uma temperatura constante. E, regra geral, permitem selecionar várias potências. São baratos, rápidos a aquecer, leves e compactos para transportar entre as várias divisões da casa.

Desvantagens: podem ser ruidosos e podem fazer circular poeiras e alergénicos da divisão onde atuam – um aspeto relevante sobretudo para pessoas propensas a alergias e com problemas respiratórios.
Por último, não se esqueça que não gastará muita energia se ligar o aparelho apenas durante duas horas por noite numa divisão, mas se a ideia é ter várias divisões aquecidas durante toda a noite, é provável que a conta da luz dispare.

Sugestões de Termoventiladores

Rowenta SO6510F2
Rowenta SO6510F2

1. Rowenta SO 6510F2

O termoventilador Rowenta SO 6510F2 apresenta funções de ventilador e também modo silencioso. Este equipamento destaca-se pelo seu termostato regulável e ainda pelo dispositivo anti-pingos. 

Para além disso, este é apropriado para quem pretende ter um termoventilador na casa de banho.

Potência 2200 W
Termóstato Sim (mecânico)
Potência 2 níveis
Temporizador Não
Peso 1,80 kg
Dimensões 315 x 230 x 175 mm
Comprimento do Cabo 1695 mm

 

Equation Termoventilador FH-16
Equation Termoventilador FH-16

2. Equation Five FH-16

O Equation Five FH-16 é um modelo que contempla 2 níveis de potência e tem proteção contra sobreaquecimento. Para além disso, é um equipamento que pode ser usado tanto em ambiente mais húmidos como secos ou seja, tanto pode ser usado na casa de banho como na sala de estar.

Potência 2000 W
Termóstato Sim (mecânico)
Potência 2 níveis
Temporizador Não
Peso 0,80 kg
Dimensões 230 x 195 x 150 mm
Comprimento do Cabo 1330 mm
Delonghi HFX30C18IW
Delonghi HFX30C18IW

3. Delonghi Capsule HFX30C18.IW

Potência 1800 W
Termóstato Sim (mecânico)
Potência 2 níveis
Temporizador Não
Peso 1,29 kg
Dimensões 270 x 190 x 140 mm
Comprimento do Cabo 1150 mm

Convectores

O funcionamento de um aquecedor convector baseia-se na convecção do ar. Quando aquecido, o ar expande-se, torna-se mais leve e sobe. Neste tipo de aquecedores, o elemento de aquecimento está localizado dentro da estrutura do mesmo, que possui aberturas nas partes inferior e superior.

O ar frio entra no dispositivo através das aberturas inferiores, e ao aquecer expande-se saindo pelas aberturas superiores. É tão simples quanto isto: o ar frio entra por baixo e sai por cima quente.

Os convectores não são tão ruidosos como os termoventiladores (se bem que há modelos que incluem ventoinha e que, por isso, podem ter o mesmo problema do ruído) e mantêm as suas vantagens: estão disponíveis a preços baixos, aquecem rapidamente, funcionam bem em divisões maiores e distribuem o calor de ofrma eficiente e homogénea.

A maior desvantagem prende-se com o facto de serem pesados e volumosos e, assim, mais difíceis de transportar.

Sugestões de convectores

Xiaomi Aquecedor Inteligente Elétrico Mi Smart Space Heater S
Xiaomi Aquecedor Inteligente Elétrico Mi Smart Space Heater S

4. Mi Smart Space Heater S

Potência 2200 W
Termóstato Sim
Potência 6 níveis
Temporizador Não
Peso 5,7 kg
Dimensões 526 x 780 x 216 mm
Orbegozo Emissor Térmico REH 2000
Orbegozo Emissor Térmico REH 2000

5. Orbegozo Emissor Térmico REH 2000

Potência 2000 W
Termóstato Sim (digital)
Potência 2 níveis
Temporizador Sim
Peso 3,6 kg
DeLonghi HCX9120
DeLonghi HCX9120


6. Delonghi HCX 9120E

Potência 2000 W
Termóstato Sim
Potência 3 níveis
Temporizador Sim
Peso 7,30 kg
Dimensões 550 x 820 x 220 mm
Comprimento do cabo 1780 mm

Aquecedores a halogéneo (infravermelhos)

Estes aquecedores apresentam elementos de halogéneo que irradiam calor para quem está no seu raio de ação. Encontramos no mercado modelos horizontais e verticais.

Estes aquecedores são silenciosos e leves, mas têm desvantagens consideráveis:

  • não incluem termostato, por isso, não são capazes de manter a temperatura
    estável numa divisão;
  • demoram a aquecer e, por isso, relevam-se uma opção menos eficiente;
  • aquece sobretudo quem está perto do aparelho e não a divisão em si.

Sugestões de Aquecedores a Halogéneo

Orbegozo Radiador Elétrico BP 0303
Orbegozo Radiador Elétrico BP 0303

7. Orbegozo Radiador Elétrico BP 0303

Potência 1000 W
Termóstato Não
Potência 2 níveis
Dimensões 400 x 300 x 170 mm
Tristar Aquecedor Infravermelhos KA-5024
Tristar Aquecedor Infravermelhos KA 5024

8. Tristar KA-5024

Potência 1200 W
Termóstato Não
Potência 3 níveis
Peso 1,30 kg
Outras características

Oscilação Automática

Desliga-se automaticamente em caso de queda

Aquecedores a óleo

Estes aquecedores são compostos por resistências que aquecem o óleo na estrutura metálica através do contacto com o ar. Quanto maior a área de contacto com o ar, maior a transferência de calor.

Os modelos mais recentes destes aquecedores a óleo já incluem termóstato e temporizador, e, assim, são capazes de ligar e desligar automaticamente, em função da temperatura que atingem. Além disso, não emitem qualquer ruído e geram um ar quente e húmido.

Maiores desvantagens: são lentos a aquecer uma divisão e são volumosos e pesados (mais de 10 quilos), logo difíceis de transportar e de arrumar.

Sugestões de Aquecedores a Óleo 

Delonghi TRDX41025E
Delonghi TRDX41025E

9. Delonghi TRDX41025E

Potência 2500 W
Termóstato Sim (digital
Potência 3 níveis
Temporizador Sim
Peso 11 kg
Dimensões 515 x 165 x 695 mm
AEG RA 5520
AEG RA 5520

10. AEG RA 5520

Potência 1500 W
Termóstato Sim
Potência 3 níveis
Temporizador Sim
Peso 11 kg
Dimensões 640 x 245 x 375 mm

Emissores de calor (ou emissores térmicos)

Estes aquecedores emitem calor quando estão em funcionamento, através da ativação de uma resistência elétrica. Quando se desativam, continuam a libertar algum do calor acumulado no interior.

Incluem um termóstato digital que permite regular a temperatura com precisão e podem ser programados.
No entanto, são lentos a aquecer uma divisão e apresentam consumos energéticos elevados uma vez que têm uma potência baixa (cerca de 1500 W).

Sugestões de Emissores de Calor

Taurus Emissor Térmico Malbork
Taurus Emissor Térmico Malbork

11. Taurus Malbork 1500

Potência 1500 W
Termóstato Sim (digital)
Comprimento do cabo 1600
Temporizador Sim
Peso 7,20 kg
Dimensões 580 x 820 x 85 mm
Tristar Emissor Térmico KA-5134
Tristar Emissor Térmico KA 5134


12. Tristar KA-5134

Potência 1500 W
Termóstato Sim (digital)
Comprimento do cabo 1490
Temporizador Sim
Peso 9,60 kg
Dimensões 555 x 765 x 78 mm

Aquecedores a gás

À semelhança dos aquecedores elétricos, os aquecedores a gás não representam um investimento inicial avultado. No entanto, como o gás é mais barato que a eletricidade, têm a vantagem de, à partida, no final do mês, representarem uma despesa menor.

Outro ponto a destacar é o facto destes aparelhos serem particularmente potentes e, por isso, mais rápidos a aquecer a divisão.

Como inconveniente têm o facto de serem alimentados por uma botija de gás. Isto quer dizer que, ainda que os aparelhos mais modernos estejam equipados com sistemas de segurança, é preciso ter a casa ventilada para evitar concentrações elevadas de monóxido de carbono – um gás sem cheiro nem cor mas tóxico quando concentrado.

Por esse motivo, não é recomendado o seu uso em quartos, nem em divisões pequenas (o tamanho mínimo recomendável para uma divisão é de 20 m2). Além disso, é importante manter estes aquecedores afastados de materiais potencialmente inflamáveis como as cortinas e os móveis.

Sugestões de Aquecedores a Gás

13. Hotspot Galp

Potência 4000 W
Termóstato Sim
Temporizador Sim
Peso 9,60 kg
Potência 3 níveis
Dimensões 755 x 420 mm
Peso 14 kg
Tecnologia Chama azul com difusão semicircular do calor
Tempo de Funcionamento Até 45 horas
Outras Características

Inclui um duplo sistema de segurança com corte da alimentação

Indicado para grandes áreas, com ventilação.

Cecotec Ready Warm
Cecotec Ready Warm

14. Cecotec Ready Warm

Potência 4200 W
Termóstato Sim
Potência 3 níveis
Dimensões 755 x 420 mm
Peso 14 kg
Tecnologia Gás propano/butano (botija de 10 kg)
Tempo de Funcionamento Até 45 horas
Peso 14 kg
Dimensões 420 x 140 x 730 mm
Outras Características

Triplo sistema de segurança: anti-inclinação, ODS e apagar a chama;

Indicado para grandes áreas, com ventilação.

Orbegozo HBF 95
Orbegozo HBF 95

15. Orbegozo HBF 95

Potência 3500 W
Termóstato Sim
Dimensões 700 x 400 x 290 mm
Sistema de Segurança Sim
Combustível Gás propano/butano Classe energética: A
Outras Características

Lenha decorativa em cerâmica com fogo real.

Indicado para áreas superiores a 25 m2, com ventilação

Dicas extra

  • Conte com 1000 W por cada 10 a 15 m2. Desse modo, numa sala de 30 m2, opte por um aparelho de 2000 a 2500 W.
  • Opte por modelos com termóstato e temporizador para garantir uma maior poupança de energia.
  • Não instale os aquecedores junto de cortinados ou materiais inflamáveis, sobretudo se se tratar de um modelo a gás.
  • Estes aparelhos não são secadores de roupa, nem devem ser usados em ambientes húmidos ou com água, como a casa de banho, exceto se indicarem que são adequados para funcionar neste tipo de ambientes (nível de proteção IP21 ou superior).
  • Evite deixar o aquecedor a funcionar durante longos períodos. Lembre-se da conta da luz! Quando ligar o aquecedor, feche as portas e janelas e verifique se não passam correntes de ar. Pode colocar daqueles “chouriços” de areia nas frestas de cada porta que dê para o exterior.
  • Colocar tapetes e carpetes nas divisões e usar cortinados mais pesados também ajuda a isolar a casa do frio.
  • Nos dias e nas horas de sol, abra as persianas e cortinados e deixe os raios de sol entrar.

Fontes:

(1) Portugal é o 4.º país da UE com as casas menos protegidas

(2) Confinados ao frio. Afinal, por que motivo são tão frias as casas portuguesas?

(3) Como aquecer a sua casa de forma inteligente

(4) Aquecedores portáteis: guia de compras

Autor

Esposendense de coração, a Diana é doida por boa comida e anda constantemente perdida nos motores de busca de voos, em pulgas com a próxima aventura. Acalma os bichos carpinteiros com treinos diários de cross training e rende-se facilmente perante um bom storytelling.

Comentários