Enxoval do bebé: guia de compras para o primeiro mês

 

O primeiro mês do bebé implica numa série de cuidados especiais para que a adaptação do recém-nascido e dos pais seja confortável e divertida. Entendemos que a compra do enxoval do bebé, especialmente para os pais de primeira viagem, nem sempre é uma tarefa simples, por isso preparamos um guia de compras para o primeiro mês, a pensar em todos os itens que são essenciais hora a hora.

Vê o guia abaixo!

 

Na hora de comer

Enxoval do bebé: comer

Almofada de amamentação: essa almofada em formato de meia-lua, além de aconchegar o bebé no colo da mãe, é um excelente suporte para auxiliar a mãe na hora de dar de mamar.

Babetes: as babetes são utilizadas para proteger as roupas do bebé das pequenas doses de regurgitação e aquela babação toda que acontece antes e durante o processo da dentição, que às vezes começa bem cedo. Recomendamos que Tem, pelo menos 7 babetes!

As babetes são utilizadas para proteger as roupas do bebé desde a hora da refeição, dos primeiros dentinhos, ou das brincadeiras com a comida, que às vezes começa bem cedo. Recomendamos que Tems, pelo menos 7 babetes!

Extrator de leite: os extratores sejam manuais ou automáticos não são usados somente quando o bebé não consegue agarrar a mama, mas também quando os mamilos ficam doridos ou gretados ou então quando a mãe extrai o leite para guardar para depois. Em alguns casos, nos primeiros meses, a extração pode incentivar a produção de mais leite.

Biberões: caso optes por extraíres o leite ou se necessitas de alimentar o bebé com leite em pó, considera a compra de um ou mais biberões de 120ml. Ao escolher os modelos de biberão, verifica se o produto possui

Leite em pó: em alguns casos, a alimentação do bebé necessita ser substituída ou complementada com leite em pó. Neste caso, segue as orientações dada pelo pediatra! Um bebé que seja alimentado só com fórmula vai consumir entre 5 e 8 latas de 400g no primeiro mês, aumentando para 10 latas nos meses seguintes. Os preços das fórmulas variam bastante entre marcas e locais de compra, por isso, uma comparação de preços é sempre uma boa alternativa!

Se passares a utilizar a fórmula para alimentar o bebé, lembra-te de comprar um doseador para guardar o leite em pó na medida certa do biberão!

Esterilizador: biberões, tetinas, chupetas, entre outros itens do enxoval do bebé devem ser esterilizados. Para isso, as opções mais comuns são o esterilizador para microondas e esterilizador elétrico, em que, alguns modelos, são feitos para ligar no isqueiro do carro.

 

Na hora do banho

Enxoval do bebé: banho

Banheira de plástico: existem banheiras de bebés para todos os tamanhos, gostos e preços. Para o bem das costas de quem irá dar banho no recém-nascido, considera escolher um modelo que Tem suporte para que a banheira fique mais ou menos na altura adequada para evitar forçar as costas.

Sabonete e shampoo neutros: muitas marcas têm sabonetes para bebés que já são feitos para o corpo todo, inclusive o cabelo. Independente de escolheres sabonete e shampoo para bebés ou um produto que inclua os dois para o enxoval do bebé, lembra-te de observar o modo como a pele do bebé reage. Se houver reação alérgica, suspende o uso e experimenta outro produto!

Toalhas com capuz: enrola o bebé limpinho, depois do banho, numa toalha com capuz bem macia. Considera comprar, pelo menos, quatro toalhas com capuz e que tem forro de tecido de fralda por dentro para ajudar a secar melhor o bebé.

 

Na hora da troca da fralda

Enxoval do bebé: fraldas

Fraldas: no primeiro mês do bebé, a troca de fraldas será muito mais frequente do que nos meses seguintes. Por norma, os recém-nascidos sujam oito fraldas por dia, o que resulta, em média de 200 fraldas por mês. Apesar de ser um número elevado, não faças um grande stock de fraldas descartáveis sem fazeres um teste! Lembra-te que há sempre chances do bebé não se adaptar ao produto ou de ter uma reação alérgica.

Algodão: a pele do recém-nascido é muito delicada, por isso, limpa o rabinho do bebé com algodão molhado em água morna ao invés de toalhitas. Para as trocas de fraldas fora de casa, leva uma garrafinha térmica com água aquecida!

Creme anti assaduras: evita assaduras ao passares uma camada fina de creme em cada troca de fraldas. Tem atenção às possíveis reações alérgicas que algum creme anti assaduras possa causar no rabinho do bebé! Às vezes é necessário fazer testes com mais de uma marca.

Toalhitas: tem sempre por perto as toalhitas, não para limpar o rabinho do bebé, mas para limpezas de emergência, como por exemplo os pezinhos do bebé que encostou na fralda suja e/ou até mesmo as mãos de quem estava a fazer a troca das fraldas.

Lugar para a troca: geralmente os pais vestem o bebé ou trocam as fraldas em cima da cama, e não tem mal nenhum nisso. Em alternativa e até mesmo para evitar dor nas costas, opta por ter uma cómoda ou uma bancada com um acolchoado plastificado para posicionar o bebé. Alguns modelos possuem até banheira junto ao muda fraldas.

Mala do bebé: um dos itens mais básicos depois das fraldas e roupinhas é a mala do bebé, pois é nela que vais guardar tudo o que é essencial para cuidar do recém-nascido quando o leva para fora de casa. Escolhe uma mala prática, cheia de repartições e bolsos e bem resistente, pois a mala vai ser utilizada para além do primeiro mês! Há modelos que ainda vêm acompanhados de um trocador de fraldas portátil! Mas que maravilha, não é?

 

Na hora de dormir

Enxoval do bebé: dormir

Berço: no primeiro mês, é perfeitamente possível abrir mão do berço e colocar o bebé para dormir na alcofa ou até mesmo no carrinho, se ele deitar. Mas depois de umas semanas não vai ter jeito: o bebé vai precisar de um espaço maior para virar de um lado para o outro e se esticar.

Colchão: o colchão para o berço do bebé deve ser firme e com densidade apropriada para o peso de crianças pequenas. Tem preferência por modelos antirrefluxo, caso o berço não tenha a opção para reclinar o colchão, e que tenha um dos lados plastificados para proteger o tecido de acidentes. Em alternativa, procura um protetor impermeável de colchão para colocar entre ele e o lençol.

Lençóis: Tem pelo menos três lençóis de baixo, com elástico para facilitar, para não ficares em apuros se o bebé se molhar inteiro no meio da noite. As fronhas podem ficar em segundo plano, pois no primeiro mês, o jeito mais seguro do bebé dormir é sem almofada.

 

Na hora de passear

Enxoval do bebé: passear

Cadeirinha do carro: de acordo com o Código da Estrada Português, é obrigatório usar cadeirinhas de carro para transportar bebés e crianças até 12 anos ou com no mínimo 1,35m. Isso significa que, o bebé precisa de ser colocado em uma cadeirinha desde a primeira vez que entrar num carro. Para recém-nascidos, há a opção de cadeirinhas tipo bebé-conforto, que muitas vezes se acoplam ao próprio carrinho, ou poltronas reversíveis, com uso mais duradouro.

Canguru ou sling: os recém-nascidos adoram o contato próximo com o corpo dos pais. Isso porque o calor do corpo materno e paterno e as batidas do coração funcionam como o melhor calmante do mundo para eles. Outra vantagem de cangurus e slings é a liberdade das mãos para fazer diversas outras coisas enquanto carrega o bebé.

Carrinho: opta por um carrinho de bebé que seja compatível para ser usado desde recém-nascido até aproximadamente 2 anos e por modelos que tenha rodas mais largas, cinto ajustável e que seja fácil de abrir, fechar e manobrar. Prático deve ser sinónimo do carrinho escolhido!

Lembra-te que os bebés não devem ficar com as costas erguidas, pelo menos, nos primeiros três meses, quando os músculos do pescoço ainda estão em desenvolvimento. Por isso, considera também ter um carrinho que se incline até uma posição quase deitada.

 

Acessórios indispensáveis para o enxoval do bebé!

Corta ou Tesoura de unhas: as unhas do bebé nas primeiras semanas crescem muito rápido, ou seja, terão de ser cortadas uma a duas vezes por semana. A escolha do Corta Unhas ou da tesoura depende do modo como os pais adaptam-se a esta tarefa, por isso: faz o teste!

Intercomunicador: um intercomunicador no ambiente onde o bebé está traz muito mais segurança para acompanhar o estado do recém-nascido. Com o auxílio deste aparelho tecnológico, os pais poderão monitorar o estado do bebé quando não estão por perto, como por exemplo, quando ele acorda ou quando chora porque tem fome.

Chupetas: utilizar a chupeta acalma o bebé e por isso, o uso acaba por ser uma alternativa para os momentos em que o choro parece não ter fim. Após escolher a chupeta, lembra-te de comprar a corrente, para fixá-la na roupinha do bebé.

Manta: esse versátil pano serve tanto para enrolar o bebé daquele jeito à moda antiga como para cobrir as suas perninhas no carrinho, como se fosse um lençol. É também um prático aliado para limpeza de acidentes, como por exemplo, o leite que volta nas horas mais inesperadas. Em alternativa, ao invés de comprar uma manta, podes substituir seu uso por fraldas simples de pano.

Aparelhos de som: incorporar a música à rotina do bebé na hora de dormir à noite ou simplesmente relaxar à tarde pode ser feita através de simples aparelhos de som.

 

Na hora da mãe

Enxoval do bebé: para a mama

Penso pós-parto: algumas semanas antes do parto, compra, pelo menos, dois pacotes de pensos noturnos e de tamanho grande para dar conta do sangramento natural que ocorre depois do parto, e que dura, geralmente, duas a três semanas.

Absorventes para mamilos: colocados dentro do soutien, esses absorventes ajudam a manter as roupas secas e sem manchas entre as vezes que amamenta o bebé.

Soutien de amamentação: a gravidez muda o tamanho e o formato dos mamilos, por isso, considera comprar os soutiens de amamentação o mais próximo da chegada do bebé e fica atenta para o caso de teres de trocá-los para servir melhor. Lembra-te de que antes de amamentares os mamilos podem aumentar ainda mais.

Opta por soutiens de algodão e sem aqueles ferrinhos de sustentação por baixo. Alguns modelos têm abertura parcial e outros, total, por isso, antes de comprares várias unidades, experimenta um modelo de cada vez para descobrir com qual deles adapta-se melhor.

Pomadas e cremes: considera utilizar uma pomada para hidratar o bico dos mamilos, quer seja para a preparação para amamentação como para a cicatrização e também cremes para a prevenção de estrias pós-gestação.

 

Este guia foi útil para ti? Conta-nos!

 

Partilha com os teus amigos!
  • 77
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •