Como escolher um frigorífico?

A escolha de um frigorífico não se faz da noite para o dia, pois não se trata apenas de decidir entre o modelo mais bonito ou o mais em conta. Trata-se de avaliar o custo-benefício, considerando sempre se a escolha é a ideal para atender as necessidades de todos que vão usar o frigorífico.

Mas quais são os pontos mais importantes a considerar na escolha de um frigorífico? Vê abaixo! Explicamos-te tudo o que precisas de saber 😉

 

1 – Tipo de frigorífico

Para cada necessidade há um frigorífico. Das quatro opções disponíveis no mercado, qual é a melhor para ti?

Frigorífico Americano: este modelo possui o dobro do volume e da capacidade de conservação, quando comparado com os outros tipos de frigoríficos. Por isso acaba por ser uma das melhores opções para famílias numerosas.

Frigorífico Combinado: o congelador fica na parte inferior do frigorífico, sendo ideal para quem recorre com menos frequência a congelados.

Frigorífico com Congelador: é dos modelos mais comuns e mais económicos. Ao contrário do combinado, o congelador fica na parte superior.

Frigorífico sem Congelador: para casas de grande dimensão com espaço disponível para instalar um frigorífico e um congelador à parte, este modelo pode ser uma boa opção. Um frigorífico sem congelador acaba por ser também ideal para famílias numerosas e que, por consequência, necessitam armazenar uma grande quantidade de alimentos.

 

2 –  O espaço da cozinha

Antes de escolhereso melhor frigorífico para as tuas necessidades, é preciso avaliar o espaço que tens para instalá-lo. Lembra-te que ele precisa de ficar a alguns centímetros de distância das paredes e dos móveis para que o ar possa circular. Este espaço é importante para que o frigorífico tenha uma ventilação adequada, evitando o excesso de energia para funcionar.

Para além disso, fica atento ao ângulo de abertura das portas e, é claro, se elas abrem para o lado certo.  Geralmente é necessário cerca de 5 cm para que a porta do frigorífico abra livremente, evitando bater noutros eletrodomésticos e móveis.

Vê a tabela abaixo e analisa as dimensões de cada frigorífico!   

Como escolher um frigorífico?

 

3 – Capacidade

A capacidade de um frigorífico é medida em litros e para escolheres um na medida certa é necessário calcular de capacidade 40 a 60 litros por pessoa.

Consulta a tabela abaixo para decidires qual é a capacidade ideal para o teu frigorífico!

Como escolher um frigorífico?

4 – Consumo energético

De toda a energia gasta numa casa, um frigorífico é responsável por cerca de 14% do consumo. Por isso, é importante prestaratenção às etiquetas de indicação de consumo energético, sendo que A+++ representa o menor consumo e o D o maior.  s dispensadores de água e gelo também gastam energia, acrescentando 20% ao total do consumido pelo eletrodoméstico.

 

Queres comprar um frigorífico que tens o menor consumo energético? Temos mais de 50 modelos para ti!

 

Outro pormenor a que deves dar atenção é a posição do congelador do frigorífico pois, o modelo tradicional, que o tem acima, gasta em média 10% a 25% menos energia do que os modelos que o têm na parte de baixo.

 

5 – Sistema de produção do frio

Quer seja na refrigeração ou na congelação, o sistema de produção do frio é igualmente relevante na escolha de um frigorífico. Presta atenção à rapidez de recuperação da temperatura sempre que abrires a porta do frigorífico, à formação do gelo e se o modelo exige que sejam efetuadas descongelações durante o ano. Lembra-te que estas ações dependem da frequência com que acedes ao frigorífico no dia a dia.

Entre as opções disponíveis, tens:

No frost: não acumulam gelo nos compartimentos e recuperam rapidamente a temperatura após a utilização. Apesar de ter um consumo energético mais elevado, este modelo não necessita descongelações.

Low frost: possui uma formação de gelo reduzida e por causa disso, não exige descongelações frequentes.

Estático: gerado por gás, o frio começa por arrefecer as paredes do frigorífico e depois o ar e os alimentos, o que implica uma maior lentidão para recuperar as temperaturas pretendidas. Um frigorífico com esta característica exige, pelo menos, duas descongelações anuais.

Ventilado: possui circulação de ar, preservando a temperatura homogénea que permite uma melhor conservação dos alimentos.

 

6 – Compartimentos

O modo como os compartimentos estão posicionados no interior do frigorífico devem corresponder aos teus hábitos alimentares. Por exemplo, se gostas de cozinhar com alimentos frescos, é aconselhável que estes ingredientes fiquem numa altura mais acessível. Assim, os modelos de frigorífico com o congelador na parte de baixo atendem melhor às tuas necessidades, já que os alimentos frescos ficam mais à mão.

Outra opção é dares preferência a frigoríficos com compartimentos especiais para manter alimentos como  frutas e vegetais frescos durante mais tempo. Mas se a tua alimentação é baseada em congelados, o modelo tradicional, com o congelador na parte de cima, tende a ser a melhor opção para o teu dia a dia.

 

Já sabes qual é o frigorífico que vais comprar?
Então escolhe agora! Temos mais de 1000 modelos para ti!

Partilha com os teus amigos!
  • 38
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •