Atire a primeira pedra quem nunca pensou em ter um robot de cozinha para ajudar nas refeições lá de casa. É verdade, cada vez são mais as casas com robots para otimizar o tempo despendido na cozinha, facilitar o processo de preparação de refeições e até mesmo a tornar especialista em cozinha quem não o é.

Assim, saber como escolher um robot de cozinha é fundamental para quem deseja começar esta aventura.

Este artigo é um autêntico guia de A a Z que permite a qualquer pessoa, habituada a cozinhar ou não, escolher um robot de cozinha e tornar-se um masterchef (pelo menos… a dar os primeiros passos!).

Tabela de Conteúdos

O que é um robot de cozinha multifunção?

Este tipo de equipamento, basicamente, combina a maioria das funcionalidades dos vários pequenos eletrodomésticos de cozinha, como amassar, picar, emulsionar, cozer… e as funções de cozinhar, tudo num único dispositivo!

Além disso, permite controlar estes processos através de diferentes programas culinários e, temperaturas e pressões para cozinhar.

No fundo, o grande objetivo dos robots de cozinha é simplificar a preparação dos alimentos e otimizar o tempo em frente aos tachos e panelas.

Porque adquirir este tipo de equipamento? Quais as vantagens?

Primeiro de tudo: facilita a vida na cozinha. Mas, quais são então as principais vantagens em comprar um robot de cozinha? É uma compra só porque está na moda? Ou significa uma verdadeira ajuda nas tarefas culinárias?

Com efeito, é importante então nomear o que de bom oferece a compra deste tipo de equipamento.

  • Mais tempo. Os robots de cozinha são uma ferramenta que permitem poupar tempo, permitindo assim, no entretanto, a realização de outras tarefas domésticas. As lâminas misturam os ingredientes e o risco de queimar ou entornar é reduzido.
  • Máquina “tudo-em-um”. É um equipamento que dispensa os outros pequenos eletrodomésticos, pois corta, pica, liquefaz, bate, emulsiona, coze a vapor, etc.
  • Preserva a ordem e a limpeza. Dois elementos essenciais dos robots de cozinha. O facto de possuírem peças removíveis, na maioria dos modelos, como o copo medidor, estas podem ser lavadas, por exemplo, na máquina de lavar loiça (ou até mesmo ligar o modo limpeza e o robot faz esse trabalho).
  • Gosto pela cozinha. As receitas passo a passo estão adaptadas aos robots. Basta colocar os alimentos no copo, carregar nalguns botões e, regra geral, o sucesso é garantido.
  • Alimentação mais saudável. Com os robots de cozinha é possível preparar diversos pratos com diferentes ingredientes, baseados numa dieta equilibrada e cozinhados de forma saudável e controlada.
  • Caprichar na confeção dos pratos. Ao seguir as receitas de um robot, não há margem para erros, pois a quantidade, o tempo, a velocidade e as temperaturas estão sempre corretos. Os resultados serão intensos ou até mais do que se tivesse sido um cozinhado tradicional.

Existem outros tipos de robots de cozinha além dos multifunções?

E como escolher um robot de cozinha não se limita apenas a equipamentos sofisticados, chegou o momento de falar em outros tipos de robots que, ainda com menos funções, também ajudam na cozinha.

Robots com função de cozedura

Os robots de cozinha são todos aqueles que permitem cozinhar alimentos. A sua definição acaba por ir ao encontro do propósito deste artigo. São os equipamentos que permitem cozinhar a vapor ou cozinhar de forma mais lenta.

Robots sem função de cozedura

Todos os pequenos eletrodomésticos de cozinha estão nesta categoria. Batedeiras, máquinas de processar alimentos, liquidificadoras, etc.

Máquinas Slow Cooker

Como uma panela elétrica, as slow cooker cozinham todo o tipo de alimentos a baixa temperatura e de forma lenta.

Estas panelas são programáveis o que ajuda no momento de realizar outras tarefas domésticas.

Panelas a Vapor

As máquinas que cozinham a vapor podem ser divididas em 3 partes principais: um recipiente de água, uma resistência para aquecer a água do recipiente e um recipiente mais ou menos estanque onde estão os alimentos e no qual circula o vapor de água quente. É este vapor quente que coze os alimentos.

Máquina Sous-Vide

Com este tipo de robots, os alimentos são cozidos por igual, desde o interior até as extremidades, através de um controlo exato das variáveis principais: temperatura da água e tempo de cozedura. Os sous-vide são ideais para cozinhar a vácuo.

Processador de Alimentos

Os processadores de alimentos são robots que misturam, liquidificam, trituram, batem claras, desfazem em puré, espremem citrinos, todo o trabalho pesado fica por conta destas máquinas.

Máquinas de Sopa

Estes pequenos eletrodomésticos, têm a função de panela elétrica (ou seja, cozem o conteúdo) e também a função de varinha mágica ou liquidificador (ou seja, ralam o conteúdo). Tudo de forma automática e programável!

Este tipo de máquinas da sopa são ideais para fazer quem tem de fazer sopa diariamente para o bebé.

Desidratadores

O desidratador é um equipamento que apresenta três funções complementares. É uma fonte de calor quente o suficiente para forçar a extração da água do alimento. Eliminam a humidade do ar, facilitando a extração de água do alimento para o ar. Desta forma, acabam por tornar os alimentos mais crocantes e secos.

Arrozeiras

São um must have dos apaixonados por arroz. As arrozeiras são versáteis, garantem a confeção perfeita dos vários tipos de grãos de arroz, de forma mais rápida e fácil.

Como escolher um robot de cozinha?

Depois de o quê e quais as principais vantagens, chegou a hora do como. Por outras palavras, o que é preciso saber antemão para escolher um robot de cozinha? Para isso, é necessário entrar em 5 campos: necessidades, funções do equipamento, características técnicas, marcas recomendadas e tipo de acessórios.

1. Para que preciso de um robot de Cozinha?

A primeira coisa a questionar é que tipo de utilização vai ser dada ao robot de cozinha.

  • Para quem não está familiarizado com a cozinha. Não há problema. Existem modelos que podem fazer todo o trabalho por quem o utiliza (vá… quase todo). Basta seguir as instruções para fazer as diferentes receitas… et voilá!
  • Para quem gosta de cozinhar, mas quer ajuda para as tarefas que mais incómodas, repetitivas, como cortar, descascar ou bater. Nestes casos também pode ser uma grande ajuda. Cada vez existem equipamentos que aprimoram algumas das tarefas mais básicas de outros pequenos eletrodomésticos e com resultados ainda melhores.
  • Para quem cozinha regularmente, mas quer aprimorar a sua técnica e habilidade. Após comprar um robot de cozinha, não se vai querer outra coisa. Cada prato elaborado vai ser melhor que o anterior. Face à quantidade de receitas, é possível explorar quase todo o mundo e técnicas de culinária.

2. Funções do equipamento

Como referido, a grande vantagem dos robots de cozinha é combinar a grande parte das funções dos pequenos eletrodomésticos que ajudam a cozinhar. Assim, as principais funções que devem estar incluídas num bom equipamento são:

  • Batedeira – Bater e emulsionar;
  • Varinha Mágica – Cortar, picar e triturar;;
  • Liquidificador – Fazer sumos e batidos;
  • Picadora – Moer e Pulverizar;
  • Panela de Pressão – Cozinhar Rapidamente;
  • Máquina de fazer Pão – Amassar e Cozer;
  • Máquina de Cozer alimentos a vapor – Cozinhar a vapor;
  • Iogurteira – Fazer iogurtes.

3. Características técnicas

Saber como escolher um robot de cozinha passa também pelas suas características técnicas. Ainda que seja uma escolha pessoal e baseada em necessidades, é fundamental comprar um equipamento equilibrado e que consiga acompanhar o ritmo diário lá de casa. As principais a ter em conta são:

Tamanho/capacidade do copo medidor

Para quem mora sozinho ou até mesmo uma família até 4 elementos, um copo entre 2 a 4 litros é o suficiente para preparar refeições rapidamente. Se houver mais pessoas ou existe o hábito de cozinhar mais quantidade para congelar, considera-se um recipiente maior.

Potência

A potência é um fator determinante para alcançar uma velocidade de cozedura superior, bem como um melhor acabamento no processamento dos alimentos, por exemplo, ao cortar ou ralar.

Alguns modelos podem atingir 1700W, embora sejam mais modernos. Contudo, modelos com potência de 1000W já são suficientes para alcançar uma boa eficiência nas funções.

Velocidade

A velocidade permite regular a força do robot de cozinha ao realizar tarefas. Um robot com 5 velocidades é suficiente para adaptá-lo às diferentes receitas. Contudo, existem modelos que podem atingir velocidade 10.

Funções

Saber como escolher um robot de cozinha também passa por entender a sua utilidade. Tal como referido em cima, quantas mais funções o robot tiver, mais versatilidade e mais pratos vai proporcionar lá em casa. São inúmeras as funções, desde as mais básicas, como cortar, ralar, moer… até às mais completas, como refogar ou amassar, entre outras.

Neste ponto é importante valorizar a utilidade que vai ser dada ao robot de cozinha e qual a sua função. É para ajudar a cozinhar ou é para começar a inovar na cozinha?

Ergonomia

Sendo um utensílio de excelência para uso quotidiano, o que se quer de um robot de cozinha é que seja simples e fácil de usar e limpar. Por isso, opta por modelos que contenham arrumação para os diferentes acessórios e, sobretudo, escolhe um robot suficientemente forte, de modo a assegurar uma boa estabilidade durante o funcionamento.

Além disso, fácil de manusear, a maioria dos robots tem um peso confortável e têm um tamanho ideal para arrumar depois da sua utilização.

Temperatura

Praticamente todos os robots de cozinha têm uma faixa de temperatura entre 30 °C e 140 °C. Este intervalo permite cozinhar e preparar qualquer receita.

Consumo energético

Mesmo existindo diferentes marcas de robots de cozinha, cada um deles consome apenas a quantidade de energia necessária para alcançar e manter o nível de temperatura pré-definida, e uma vez que o aquecimento é controlado, o desperdício de energia é muito reduzido.

Um fogão, por exemplo, continua a fornecer energia mesmo quando a água já está no ponto de ebulição, a menos que reduza a configuração manualmente. Os robots, por seu lado, detetam quando a temperatura pré-definida é alcançada e reduz o aquecimento automaticamente.

Manutenção

A manutenção do equipamento é um aspeto fundamental para o seu bom funcionamento e para evitar possíveis danos. É importante ver quais os modelos que permitem a lavagem na máquina de lavar loiça e quais possuem a função de limpeza automática.

Conectividade

Praticamente todos os modelos, principalmente os básicos, vêm com uma biblioteca de receitas. Geralmente são receitas básicas.

Se a escolha é um robot para poder cozinhar uma infinidade de pratos, com variedade, é necessário pensar em modelos com conectividade wi-fi para poder atualizar receitas e usar aplicações da marca.

Displays

A maioria dos robots de cozinha possui um display touch com a possibilidade de navegar, quase como fosse um mini-tablet. Um navegador próprio com funcionalidades que permitem explorar todo o potencial do equipamento.

Por outras palavras, um bom fator a ter em conta de como escolher um robot de cozinha é exatamente encontrar modelos com um display intuitivo e simples de utilizar.

4. Marcas

É possível escolher entre vários modelos e tipos de robots de cozinha. Saber quais são as melhores marcas são sempre uma grande ajuda para obter a qualidade certa. A Bimby é a referência maior do mercado. Líder destacado do mercado é “a” marca dos robots de cozinha.

Contudo, marcas como a Taurus, Moulinex ou Kenwood, também equipamentos muito equiparados, a um preço mais razoável e com excelentes resultados.

E por último, fazer uma referência aos robots de cozinha do Continente, Pingo Doce e Lidl. São marcas que entraram no mercado e na casa dos portugueses, sendo cada vez mais procurados pelo que oferecem à cozinha.

Acessórios

É comum os robots de cozinha virem com uma série de acessórios que completam as suas funções integradas. Entre lâminas, medidores, balanças, cesta de cozinha, espátula e outros elementos de proteção, como mochilas de transporte, é possível encontrar diversos acessórios extra para apetrechar o equipamento.

Por outro lado, também é frequente que as próprias marcas incluam livros de receitas, um acréscimo para poder aproveitar o robot ao máximo. A Bimby tem uma série de coleções e livros editados com as mais diversas hipóteses de cozinha.

Por fim, falar também das interfaces do próprio equipamento. Tal como referido em cima, se existir a função de conectividade, é muito provável que as próprias marcas disponibilizem uma aplicação própria. Por norma, estas aplicações têm uma panóplia de soluções. Como, por exemplo, controlo da ementa semanal, partilha de novas receitas, novas dicas de utilização, update do sistema, entre outras.

Sugestões: os melhores Robots de Cozinha multifunções em 2021

Bimby
Bimby (Fonte: VORWERK)

 

1. Bimby TM6

É a mais recente versão do famoso robot de cozinha da Vorwerk. Sendo considerado o mais completo e versátil, é o que apresenta mais acessórios e receitas. É um produto preparado para o futuro, ligando-se à internet, ao smartphone, ou computador e de utilização intuitiva.

Para quem nunca teve a ideia deste segmento de mercado, os robots da Bimby são uma verdadeira revolução na cozinha e trazem funções que ajudam a preparar receitas incríveis.

Este modelo traz o livro “Bimby® – Faz o que te apetece”, copo, tampa do copo, lâmina, copo de medida, espátula, borboleta, cesto, varoma e Rede.

Além disso, com este equipamento é possível pesar, picar, ralar, bater, caramelizar, cozinhar a vapor e fermentar.

Por outras palavras, um chef de cozinha em casa.

Taurus Mycook Touch Black Edition
Taurus Mycook Touch Black Edition

2. Taurus Mycook Touch

O Taurus Mycook Touch representa um marco na vanguarda da culinária da Taurus, incorporando o conceito de culinária inteligente aos seus já populares robots Mycook.

Touchescreen, Wi-Fi embutido, interconectividade, uso intuitivo… São alguns dos recursos que se destacam, e outros que fazem a diferença neste equipamento.

Cada prato tem o seu segredo, cada alimento o seu tempo de cozimento e cada tipo de cozinha ganha outra alegria com este modelo.

O Mycook Touch foi projetado para preparar todos os tipos de pratos e reproduzir todas as técnicas necessárias para cozinhar. Moer, pulverizar, ralar, picar, esmagar, picar, emulsionar, montar, amassar, refogar, cozinhar, cozer, vaporizar, preparar, pesar e turbo.

E quem não sabe cozinhar? O Mycook Touch inclui um número ilimitado de receitas. Só é preciso escolher a receita desejada e pressionar play.

Moulinex Cusine Companion XL
Moulinex Cusine Companion XL

3. Moulinex Cusine Companion XL

É um dos robots de cozinha mais completos do mercado.

Fácil de usar e muito versátil, a Companion XL corta, pica, tritura, coze, aquece, salteia, amassa, bate claras em castelo, emulsiona e cozinha a vapor. Tudo num só aparelho com 6 programas automáticos, bem como um modo manual, que permite personalizar e criar receitas a gosto.

Contudo, o grande destaque é o novo acessório fundo XL e a possibilidade de cozinhar sem tampa (apenas sem velocidade e com temperatura superior a 130 °C) o que aumenta as possibilidades de cozinhar ainda mais receitas.

Referir por último, a qualidade dos seus materiais: copo de aço inoxidável 3L, lâmina multi-lâmina, para amassar/moer, misturadora, vaporizar, etc. Um verdadeiro faz tudo!

Batedeira Kenwood KCL95.424SI
Batedeira Kenwood KCL95.424SI

4. Kenwood Cooking Chef

O robot Cooking Chef ajuda desde a preparação à confeção. É um robot de cozinha multifacetado que possibilita a elaboração de pratos tradicionais ou simplesmente a gosto.

Além disso, apresenta 20 programas predefinidos de receitas para ajudar a dominar facilmente técnicas complexas de pastelaria, bem como os apreciados guisados, salteados e cozedura lenta – até mesmo derreter chocolate e levedar massas.

O seu intuitivo display facilita a visualização de cada etapa do processo, permitindo alterar as configurações enquanto se cozinha para garantir sempre os resultados pretendidos.

Além dos batedores premium em aço inoxidável, apoiados por uma garantia de 10 anos, existem ainda +20 acessórios opcionais incluindo processador, liquidificador, picadora de carne e elaborador de massa fresca.

A Cooking Chef é o derradeiro robot para os verdadeiros apaixonados pela cozinha.

Yammi 2 XL
Yammi 2 XL

5. Yämmi 2 XL Continente

A Yämmi 2 XL do Continente é a opção mais barata do mercado. Ela pode triturar, amassar, bater, liquidificar, ralar, picar, emulsionar, pulverizar, aquecer e cozer de várias formas, inclusive a vapor.

Inclui uma panela XL de 4.8L de capacidade, que permite numa só refeição cozinhar para 2 ou para até 12 pessoas.

Além disso, disponibiliza um livro de receitas com cerca de 150 receitas. Conheça também os livros Yämmi e as receitas disponíveis em yammi.pt. São mais de mil receitas para todos os gostos, incluindo os principais pratos portugueses.

Na relação qualidade/preço é uma excelente opção para começar a descobrir os robots de cozinha.

Chefe Express
Chefe Express (Fonte: Pingo Doce)

6. Chef Express Pingo Doce

A Chef Express, com apenas uma lâmina e dez velocidades, tritura, pulveriza, mistura, refoga, coze a vapor e até amassa, reproduzindo o processo manual de amassar, para que possa fazer pão muito facilmente e preparar outras massas de forma simples.

Como destaques, incorpora uma balança de alta precisão, que muito facilita na altura de pôr em prática as receitas que mais se gosta, permitindo pesar os vários ingredientes, tendo apenas que reiniciar a pesagem.

Além disso, tem capacidade para dois litros e o medidor veda por completo o vapor e a temperatura alcança os 120 °C, em vez dos 100 °C apresentados por outras máquinas de cozinha.

Monsieur Cuisine
Monsieur Cuisine (Fonte: LIDL)

7. Monsieur Cuisine Connect LIDL

O robot de cozinha do LIDL é um fenómeno de vendas. Das 3 grandes superfícies é, sem dúvida, o melhor. Sempre que a marca o coloca à venda, rapidamente desaparece das prateleiras. Isto porque, o principal atrativo do Monsieur Cuisine Connect é a sua alta relação qualidade/preço.

Com um display de 7 polegadas e conexão Wi-Fi, é um equipamento que se destaca pela sua facilidade de utilização e acessórios. Entre eles, um copo de aço inoxidável com capacidade de 3 litros, cesto, lâminas, batedeira e espátula.

Além disso, conta com 10 funções: cozer a vapor, refogar, misturar, picar, cozinhar, emulsionar, mexer à esquerda e à direita, bater e amassar, esmagar e pesar. Tudo assente em 1200W de potência.

Assim, pelo preço, temperatura máxima, ecrã grande, capacidades inteligentes como a ligação Wi-Fi e sincronização com os dispositivos móveis é a melhor solução para quem procura uma alternativa budget à Bimby TM6, por exemplo.

Cecotec Mambo 9090
Cecotec Mambo 9090

8. Cecotec Mambo 9090

O robot Cecote Mambo 9090 é um equipamento com  30 funções incluídas, possui 10 velocidades e temporizador ajustável desde 1 segundo até 12 horas.

Além disso, este robot vem equipado com um ecrã tátil que auxilia na escolha dos programas e também com o sistema  Security Check System, um dos sistemas de segurança mais avançados para por e tirar as lâminas facilmente e sem risco.

E agora? Chegou a hora de pedir ajuda extra na cozinha?

Com efeito, depois deste guia, saber como escolher um robot de cozinha não tem de ser uma tarefa complicada. Além de ser possível poupar tempo, ganhar poder realizar tarefas paralelas, um robot de cozinha é extremamente útil porque combina diferentes valências de outros eletrodomésticos de cozinha.

Agora só fica a faltar começar a pensar nas necessidades diárias, tirar notas sobre que equipamentos podem-se enquadrar na rotina e avançar para uma compra acertada. Seja para prazer próprio ou para um ambiente familiar, certamente que cozinhar vai ganhar outro significado!

Autor

O David é um apaixonado por LEGO. Adora gaming, tech stuff, ver séries e tem um TOC por colecionismo. Gosta de escrever sobre as suas áreas de interesse, mesmo estando isolado na ilha juntamente com os outros sobreviventes do voo Oceanic 815.

Comentários