As bicicletas e o ciclismo são cada vez mais vistos como opções para que as pessoas se envolvam com a prática de exercício.

Um pouco por todo lado a bicicleta voltou a ganhar adeptos, quer seja para servir de meio de transporte, ou como solução para manter a boa forma física sem ir ao ginásio.

Porém, para quem está à procura de se iniciar nesta prática, a escolha de uma bicicleta pode ser algo complexo pois existem vários tipos e cada um deles é direcionado para um tipo de atividade. Como tal, é possível encontrar neste guia tudo o que é necessário saber para eleger a bicicleta perfeita.

Tabela de Conteúdos

Tipo de utilização da bicicleta

Para escolher a bicicleta ideal não é preciso ser especialista, esta escolha pode ser realizada em apenas dois passos: definindo o uso que a bicicleta vai ter, e comparando os modelos que se adequam à finalidade.

O fator mais importante no momento da escolha está relacionado com o tipo de terreno onde a bicicleta vai ser usada.

É necessário refletir sobre onde e em que circunstâncias a bicicleta será usada, uma vez que uma bicicleta para cidade será diferente de uma para terreno exigente.

De seguida, são apresentados alguns dos principais usos e tipos de bicicletas recomendadas a cada atividade.

Que tipos de bicicleta existem?

bicicleta para btt

BTT (Bicicletas Todo-o-Terreno)

A BTT ou bicicleta todo-o-terreno, é indicada para as aventuras em terrenos mais exigentes como por exemplo montanhas e trilhos.

Existem diferentes modalidades de todo-o-terreno e por isso criaram-se diversas bicicletas BTT. Uma vez que cada uma delas tem características específicas para a modalidade, a escolha do modelo certo torna-se ainda mais complexa.

No entanto, para que seja feita uma escolha mais acertada existem características a ter em consideração como o tamanho, tipo de material da forqueta, suspensão, travões e pneus.

De forma a conseguir ter controlo total da bicicleta é fundamental escolher o tamanho indicado para a altura da pessoa.

Nota: Habitualmente os fabricantes apresentam e dividem os tamanhos das bicicletas de acordo com a altura do utilizador. Procurar o “guia de tamanhos” ajuda a escolher a bicicleta ideal e adequada a cada pessoa.

Qual a forqueta ideal para BTT?

A forqueta é a parte que sustenta a roda dianteira sendo responsável por grande parte do conforto e qualidade da bicicleta.

Relativamente ao material de construção da forqueta, existem 4 tipos: alumínio, fibra de carbono, aço e titânio.

O alumínio é um material muito rígido. Esta rigidez torna desconfortável os momentos passados em cima da bicicleta e com o tempo este material acaba por ganhar fissuras.

A fibra de carbono é o material mais comum neste tipo de bicicleta, apresenta boa capacidade de absorção das vibrações, e robustez. No entanto, tem problemas a nível de embates.

O aço é o material mais conveniente para uma forqueta rígida. É barato, muito resistente, fácil de reparar, absorve muito bem as vibrações e não é excessivamente pesado.

Por último, o titânio: este é o melhor material possível para uma bicicleta BTT.

Com uma resistência elevada, o titânio garante a leveza da bicicleta, absorve as vibrações dos impactos, não está sujeito à corrosão nem ganha fissuras com o uso.

Porém as características positivas deste material fazem com que tenha um preço muito elevado que pode chegar até aos 3400€. Como tal, são indicadas para quem pretende dar um uso muito exigente e consistente à bicicleta.

Suspensão e pneus: o que deves ter em consideração

Relativamente à suspensão e aos pneus geralmente as BTT encontram-se equipadas com uma suspensão dianteira e pneus de espessura média.

A suspensão dianteira absorve os impactos causados pelas irregularidades do piso e proporciona conforto. Ao passo que os pneus garantem o atrito necessário para manobrar a bicicleta em segurança nos pisos mais irregulares.

Uma BTT com suspensão total (dianteira e com um amortecedor no quadro) proporciona maior conforto em pisos mais acidentados.

Estas bicicletas com suspensão total são recomendadas para praticantes mais exigentes e experientes na modalidade.

As BTT para perfil mais experiente costumam estar equipadas com pneus mais grossos que aumentam a estabilidade e controlo da bicicleta em terrenos mais complicados.

Os travões indicados para uma maior segurança

Para terminar, os travões devem ser os mais adequados para garantir a segurança mesmo nas descidas mais vertiginosas.

Como tal, recomendamos-te que escolhas uma BTT com travões de disco, ao invés dos tradicionais “v-brake”.

bicicleta trekking para diversos pisos

Bicicletas de trekking para múltiplos usos

Para quem se desloca entre vários cenários como por exemplo campo, estrada, pequenos trilhos e cidade, a bicicleta de trekking é a escolha indicada.

Ideal para quem pretende divertir-se sozinho ou em família, fazer passeios para praticar atividade física sem um cansaço excessivo.

Para usos mais ocasionais, é recomendado que para a escolha se tenha em consideração sobretudo o tamanho da bicicleta e o conforto do banco.

Caso o uso seja mais regular o número de velocidades também pode ser importante, uma vez que permite uma adaptação maior à pedalada ao longo do circuito.

Estes modelos têm preços que variam mediante as suas características e que podem ir desde os 170€ aos 1200€.

Bicicletas para andar na cidade

Há dois grandes tipos de bicicletas para se deslocar na cidade: bicicletas “grandes” e as bicicletas pequenas dobráveis.

bicicleta par andar na cidade com cesto

Bicicletas urbanas ou “grandes” para um maior conforto

Regra geral as bicicletas urbanas têm pneus lisos de forma a aumentar o conforto e diminuir o atrito e pneus maiores, com cerca de 28 polegadas.

São modelos práticos e eficientes, onde se podem adicionar acessórios como cesto à frente ou até adicionar um transportador de crianças.

É recomendado analisar a altura da bicicleta e o conforto do banco. Estas bicicletas podem ser adquiridas a partir dos 150€.

bicicleta dobrável para andar na cidade

Bicicletas dobráveis

As bicicletas dobráveis são perfeitas para quem procura deslocar-se na cidade e quer uma solução fácil de arrumar.

De fácil transporte e arrumação simplificam tarefas como colocação na bagageira do carro, dentro do elevador, entre outros espaços. São uma tipologia de bicicleta com preços a partir dos 160€.

O peso também é uma característica que pode ser importante, caso seja para a transportar regularmente.

Qualquer um destes modelos para cidade deve ser prático, eficiente e confortável.

bicicleta de estrada ou pista ideal para praticantes de ciclismo

Bicicletas de estrada

As bicicletas de estrada são indicadas para quem pretende pedalar e percorrer de forma regular muitos quilómetros em estrada com o piso em asfalto.

Para o uso em estrada existem características que devem ser analisadas cuidadosamente, como pneus, velocidades, banco, peso e até o tamanho pois são aspectos fundamentais para a tornar mais adequada à função.

Pneus

É facilmente perceptível que as bicicletas de estrada possuem pneus muito finos. Esta espessura permite andar mais rápido porque existe menos atrito, oferecendo uma boa estabilidade.

Relativamente às velocidades, o modelo escolhido deve ter uma série de velocidades de, no mínimo, 2 pratos dianteiros de 18 ou mais velocidades. Isto permite controlar e adaptar a exigência das pedaladas nas descidas e subidas à tua condição física.

Banco

O banco ou selim, tal como os pneus, é igualmente fino para garantir conforto. É essencial a escolha do banco certo, uma vez que o uso da bicicleta de estrada pressupõe longas horas a pedalar.

Peso

Existem vários tipos de materiais utilizados no fabrico e, tal como é expectável, quanto mais leve for a bicicleta, melhor é o material sendo consequentemente mais cara.

Como tal, o carbono é um material topo de gama para estas bicicletas, sendo recomendado para praticantes mais avançados e queiram fazer um investimento maior.

Tal como nas bicicletas todo-o-terreno, o peso da bicicleta é uma característica importante. 

Por último, em termos de valor, existem modelos a partir dos 200€ e que podem ir até aos 5.000€.

bicicleta para criança

Bicicletas para criança

Escolher uma bicicleta para criança é, à partida, mais simples do que para um adulto porque o uso será mais ocasional.

No momento da escolha o ideal é ter em conta aspectos como a altura e a capacidade que a criança tem de conduzir a bicicleta.

Se a criança for pequena, a bicicleta deve ser baixa para lhe permitir tocar com os pés no chão e imobilizar facilmente a bicicleta. Desta forma, é possível garantir conforto e segurança durante a fase de aprendizagem e desenvolvimento.

No momento de aprendizagem a colocação de rodas laterais na pode ser uma mais-valia. Se a criança ainda estiver a ganhar equilíbrio uma bicicleta sem pedais pode ser uma excelente alternativa.

Quanto à aquisição de uma bicicleta para criança, existe a possibilidade de adquirir uma a partir de 50€.

bicicleta para desporto bmx
Bicicleta BMX (Fonte: Freepik)

Para modalidades desportivas (bmx freestyle, trial e downhill)

Para além do BTT e do ciclismo de estrada, existem outras modalidades desportivas que se praticam recorrendo a bicicletas.

Como tal, é importante referir que existem bicicletas específicas para essas modalidades, como por exemplo: bmx freestyle, trial e downhill.

Dependendo da modalidade e da qualidade da bicicleta, os preços podem ser bastante elevados. Por exemplo, as bicicletas de entrada de gama para downhill começam nos 3.000€ a 4.000€.

Sendo que cada categoria exige uma bicicleta com características específicas que facilitem a prática e a garantam segura, é recomendável explorar bem a modalidade antes de avançar para uma compra.

bicicleta para elétrica

Bicicletas elétricas

As bicicletas elétricas podem ser uma mais-valia se o objetivo é efetuar deslocações de longa distância, ou andar em terrenos com inclinações elevadas.

A componente elétrica reduz esforço físico em momentos mais exigentes.

A aquisição de uma bicicleta deste tipo é alvo de um apoio financeiro de 50% do valor de aquisição até a um máximo de 350€.

Este apoio está limitado a 1 incentivo por candidato singular. Relativamente a empresas, o incentivo também tem um teto máximo de 350€, mas com um limite de até 4 incentivos por empresa [1].

Habitualmente, este tipo de bicicletas pode ser adquirido a partir de 600€.

Conclusão

Em suma, o segredo para fazer a aquisição mais acertada passa por definir corretamente o uso principal da bicicleta e perceber qual o tamanho adequado a cada pessoa.

No caso das bicicletas para modalidades específicas, é preciso ter em conta várias características e aprofundar conhecimentos sobre o desporto, para perceber qual o melhor investimento.

Para os restantes modelos a escolha resume-se ao uso, conforto, altura / tamanho do modelo.

Fontes:

1 – Incentivo pela Introdução no Consumo de Veículos de Baixas Emissões (2020)

André Freitas
Autor

O André anda sempre de mão dada com a tecnologia, o desporto e o gaming. Prefere iOS ao Android, e divide o seu tempo entre a família, o ginásio, onde passa horas a treinar, e os amigos. Tem ainda uma pequena paixão pelo mundo automóvel.

Comentários