Máquina de café: 8 dicas para comprar o melhor modelo

Não é nenhuma novidade a proximidade que os portugueses têm com o café. Por isso, nada mais justo do que teres em tua casa, a melhor máquina de café para saborear, a qualquer hora do dia, o teu delicioso café. Existe uma infinidade de modelos de máquina de café que, à partida pode deixar-te em dúvida sobre qual é o melhor. Mas calma! Simplificamos para ti e listamos todos os itens que deves considerar antes de comprar a tua máquina de café.

 

1 – Tipos de máquina de café

Há dois tipos de máquinas de café que são bastantes populares: a máquina de café de filtro, que faz o típico café da avó e a máquina de café expresso, que tira o café expresso.

 

Máquina de café de filtro

Perfeita para quem bebe muito café, com uma máquina de café de filtro é possível fazer de duas a 15 chávenas. Este modelo é prático e pode ser programável para adaptar-se ao teu ritmo de vida: acorda com o suave aroma do café acabado de fazer ou deixa-o a preparar lentamente para o fim da refeição!

 

Vê as nossas sugestões de máquina de café de filtro. Temos mais de 100 modelos para ti!

 

Máquinas de café de cápsulas

Considerada a revolução do mundo do café, a máquina de café de cápsulas satisfaz até os mais exigentes. Simples e prática, este modelo permite fazer um café em apenas segundos, a qualquer altura, mesmo que seja só para uma pessoa.
O café em cápsula, apesar de ter um preço mais elevado do que o de uma máquina de café de filtro, é mais eficaz e rápido: não precisa de dosear o café, nem de comprar filtro.

 

Vê as nossas sugestões de máquina de café de cápsula. Temos mais de 65 modelos para ti!

 

Máquina de café automática

As máquinas de café automáticas são muito parecidas com as semiautomáticas, na medida em que utilizam controlos semiautomáticos embutidos. Elas automatizam todas as tarefas para que não seja necessário qualquer tipo de intervenção humana na preparação de uma chávena de café. Normalmente, estas máquinas apresentam quatro interruptores: para extrair um café curto; dois cafés curtos; para extrair um café comprido e dois cafés compridos. A grande maioria permite programar o volume de água a ser utilizado em cada interruptor de extração

 

Vê as nossas sugestões de máquina de café automática. Temos mais de 50 modelos para ti!

 

2 – Pressão bar: o sabor do teu café

Se estás à procura de uma máquina de café que prepara as bebidas com um sabor mais intenso, deves ficar atento à pressão bar para conseguir extrair um sabor que vá ao encontro das exigências do teu paladar. Uma pressão entre os 9 e os 15 bares é a ideal para criar um creme suave por cima do café. Mas, se preferes sentir um sabor mais intenso, deves optar por uma máquina em que a pressão bar seja superior.

 

3 – Quantos cafezinhos por dia?

Há uma série de pontos que deves considerar antes de comprar a tua máquina de café e um deles tem haver com o teu consumo diário. Por exemplo, se tu não passas o dia sem beber pelo menos um café, um depósito de água pode ser ideal, mas se pretendes tirar vários cafés por dia, o depósito de água terá de ser um pouco maior.

Agora, se pretendes tirar, em simultâneo, dois cafés terás de ter uma máquina de café manual ou automática, pois os modelos a cápsulas ainda não permitem esta opção.

 

A sonhar com a tua máquina de café? Olha o que temos para ti!

 

4 – Funcionalidades

Faz uma análise das funcionalidades que, para ti, são essenciais, como por exemplo, se a máquina de café se desliga automaticamente passados alguns minutos de inatividade, se tem a função de paragem automática, se permite programar dosagem de água específica para cada café, etc e depois analisa se a máquina que vais comprar, atende todas as tuas necessidades.

 

5 – Usabilidade da máquina de café

A usabilidade de uma máquina de café é um pequeno detalhe que, fará toda a diferença, pois dá a conhecer as mais-valias da máquina. Por exemplo, a utilização de luzes indicadoras LED permite que as indicações sejam facilmente reconhecidas no visor da máquina, ao contrário das luzes fluorescentes ou halogéneas que são de leitura difícil. Ao adquirir uma máquina de café, deves ficar atento a todos os seus fatores de usabilidade, como por exemplo:

  • Verificar como o manípulo do porta-filtro se encaixa na máquina e observar até onde ele vai até bloquear;
  • Conferir a quantidade de espaço existente entre os bicos da máquina de café e a respetiva bandeja. Assim, conhecerá o espaço disponível para inserir a chávena de café;
  • Verificar se o tabuleiro de aquecimento do copo é mesmo útil ou se não passa apenas de um elemento de decoração desnecessário;
  • Observar a posição dos interruptores e ver se eles apresentam uma leitura fácil e intuitiva.

 

6 – Variedades de bebidas quentes

Para além do café expresso, pretendes fazer outros tipos de bebidas na tua máquina de café? Graças ao bocal de vapor e a uma grande variedade de cápsulas disponíveis no mercado é possível fazer diversos tipos de cafés e bebidas quentes, como por exemplo, cappuccinos, macchiatos, chocolate quente e chá.

 

7 – Potência

Quanto maior for a potência da máquina de café, mais rapidamente poderás saborear a tua bebida. Ou seja, uma máquina com potência superior a 1000 poderá aquecer a água numa questão de segundos, mas por outro lado, consumirá um pouco mais de energia. Faz as contas e avalia o custo-benefício dos teus cafés!

 

8 – Limpeza e manutenção

Por mais linda e de baixo preço que seja a máquina de café que vais comprar, lembra-te de verificar qual é o processo de limpeza e a manutenção que ela exige. Há alguns modelos que acumulam facilmente resíduos e que, para além de influenciar no sabor do café, causam avaria na máquina.

 

Já sabes qual é a melhor máquina de café para ti? Anda escolher! Temos mais de 690 modelos!

 

Partilha com os teus amigos!
  • 31
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •