Viver num apartamento ou numa casa mais pequena não significa que tenhas de abdicar de ter um animal de estimação. No entanto, deves ter em atenção o tipo de animal que vais adotar para que possa viver de forma feliz e saudável mesmo num espaço mais reduzido ou com menos liberdade para brincar.

Se estás a pensar em adotar um novo companheiro, explora os melhores animais de estimação para apartamentos.

Tabela de conteúdos

Quais os benefícios de ter um animal de estimação

Existem vários benefícios associados a ter um animal de estimação, desde uma melhoria da vida social, da saúde física e mental e da qualidade de vida. Entre os principais benefícios, destacamos os seguintes:

  • Diminuição da ansiedade, stress e doenças do foro mental e social;
  • Contribuição para o aumento dos níveis de serotonina e dopamina;
  • Promoção da atividade física, especialmente com animais que necessitam de fazer passeios diários na rua;
  • São verdadeiros companheiros.

Animais de estimação para apartamento e para quem tem pouco espaço

Se vive num apartamento e/ou tem pouco espaço para ter um animal de estimação, o ideal é optar por animais de porte pequeno, que têm naturalmente menos energia ou requerem menos interação e que conseguem adaptar-se facilmente a ambientes mais reduzidos. Aqui ficam algumas sugestões:

1. Peixe

Os peixes são ótimos animais de estimação para apartamento e até para uma primeira experiência com um animal de estimação.

Além de serem pequenos e caberem em qualquer lugar da casa, um aquário cuidado e bonito torna a divisão em que se encontra ainda mais bonita.

Não existe qualquer risco de fazerem barulho, o que é ótimo para quem vive em prédios onde não são permitidos animais como cães e gatos e para evitar problemas com vizinhos.

Se gostava de ter mais interação com o animal de estimação, talvez o peixe não seja a melhor opção. O único fator menos positivo que se pode apontar aos peixes não interagem e são muito independentes.

2. Hamster

hamester
Fonte: Unsplash

Com uma esperança média de vida de aproximadamente 3 anos, os hamsters são animais inteligentes, pequenos e de baixo custo de aquisição. São encantadores e necessitam de poucos cuidados para viverem felizes e saudáveis, por isso é que se tornaram num dos animais de estimação mais comuns entre as famílias portuguesas.

Tornam-se numa opção perfeita para quem vive em apartamentos porque não fazem barulho e são independentes: só precisam de uma gaiola com água, comida e estímulos para brincarem durante todo o dia.

Apesar de serem independentes, precisam de alguma interação com a família. Alguns mimos e brincadeiras diárias serão bem-vindos.

3. Pássaro

Os pássaros são outra excelente opção para quem procura animais de estimação para apartamentos. Além de serem lindos, são excelentes companhias, especialmente para quem aprecia o seu cantar. Mas isso não ignifica que se tornam totalmente dependentes da sua atenção diária. Pelo contrário, os pássaros são animais independentes e requerem poucos cuidados diários. Alimentação, água, um baloiço e uma gaiola confortável são tudo aquilo que precisam.

4. Gato

O gato é um dos animais de estimação mais queridos pelas famílias por serem calmos, independentes e, ao mesmo tempo, excelentes companheiros.

Quando comparados aos cães, por exemplo, os gatos exigem muito menos cuidados e não necessitam de grandes espaços para viver, daí serem excelentes animais de estimação para apartamentos.

cão e gato
Fonte: Unsplash

5. Cão

São várias as famílias que têm cães, mesmo vivendo num apartamento. Se és um #doglover e gostas de ter mais companhia, não tens de abdicar de ter um cão simplesmente porque não tens espaço exterior para ele brincar.

Existem várias espécies adequadas para quem vive em apartamentos. Regra geral, os cães de porte pequeno, como o Pug, Pinscher, Yorkshire Terrier ou o Cavalier King Charles Spaniel, são os mais indicados e que se adaptam mais facilmente a viver em casas mais pequenas.

Isto não significa que não sejam necessários cuidados básicos de higiene, alimentação ou de interação. Mais abaixo encontras algumas dicas para deixares o teu amigo de quatro patas mais feliz.

Explora outras opções de animais de estimação pequenos e fáceis de cuidar, perfeitos para quem vive em apartamento.

Cuidados a ter com cada animal

Por mais independentes que sejam, qualquer animal requer a tua atenção e alguns cuidados básicos. Só assim conseguem ter uma vida mais saudável, duradoura e feliz. Para os animais que sugerimos acima, partilhamos algumas dicas para cuidares deles corretamente. Confere.

1. Cuidados a ter com peixes

Aquario com Peixe
Fonte: Unsplash

Os peixes são animais bastante independentes e que requerem muito poucos cuidados, por isso é que é um dos animais de estimação mais sugeridos para quem nunca teve qualquer experiência com outro animal.

Os cuidados básicos prendem-se com:

  • Escolher o aquário ideal para a espécie e para o tamanho do peixe escolhido;
  • Garantir que a temperatura da água é a mais correta. Para isso, deve considerar comprar um termómetro próprio para aquários;
  • Limpar o aquário regularmente. Os filtros de água tornam esta tarefa muito mais fácil para ti;
  • Alimentar os peixes com comida apropriada e de acordo com os requisitos da própria espécie;
  • Ter cuidado ao misturar espécies de peixes diferentes no mesmo aquário. Informe-se junto de um profissional se as espécies que quer juntar são compatíveis.

2. Cuidados a ter com hamsters

Apesar de independentes, os hamsters requerem alguns cuidados básicos de higiene, alimentação e social para que possam crescer felizes e saudáveis, nomeadamente:

  • Ter uma gaiola adequada ao seu tamanho;
  • Incluir brinquedos para que se possa sentir estimulado e para se manter ativo. Uma roda de exercício e túneis para roedores são suficientes;
  • Arranjar uma casinha/ninho confortável para o hamster usar como refúgio e para descansar;
  • Disponibilizar um bebedouro com água fresca e limpa;
  • Deixar sempre à sua disposição comida para hamster, fruta e verduras frescas;
  • Limpar a gaiola, pelo menos, uma vez por semana;
  • Respeitar as horas de sono do animal;
  • Retirar o hamster da gaiola e brincar com ele pelo menos 1 vez por dia.

3. Cuidados a ter com pássaros

Cada espécie requer cuidados específicos, por isso, deves informar-te junto do profissional ou da pessoa que te deu o pássaro sobre o que é necessário para que este viva feliz. A título de exemplo, alguns pássaros necessitam que a gaiola seja coberta para poderem descansar, outros só podem comer uma ração específica.

De uma forma geral, estes são os cuidados base e comuns a praticamente todas as espécies:

  • Ter uma gaiola espaçosa para poderem voar e movimentarem-se livremente;
  • Incluir ninho, escadas, barras para escalar, baloiços para descansarem ou outro tipo de comodidades que tornem a gaiola ainda mais confortável;
  • Adicionar um forro à gaiola para a tornar mais cómoda e evitar que caia lixo para o chão (cascas de comida, penas, etc.);
  • Oferecer brinquedos para o pássaro brincar durante o dia. Cordas e bolas coloridas são alguns exemplos;
  • Ter à sua disposição um bebedouro e comedouro com água e alimentação fresca;
  • Manter a gaiola higienizada;
  • Criar oportunidades de socialização e interação com a família;
  • Libertar o pássaro por alguns minutos, para que possa voar livremente. Garante que tens todas as portas e janelas fechadas para que o animal não fuja.

4. Cuidados a ter com gatos

Por muito independente e calmo que seja, um gato exige responsabilidade e atenção da tua parte. Entre os cuidados necessários, destacamos os seguintes:

  • Alguma atenção da tua parte, especialmente quando são mais novos e precisam de gastar mais energia;
  • Ração adequada para gatos, para uma alimentação equilibrada e saudável;
  • Acessórios e brinquedos para se entreterem e para desgastar as unhas. Os arranhadores, ratinhos de peluche, bolas e tuneis de brincar são alguns exemplos;
  • Caixa de areia sempre limpa para poder fazer as suas necessidades;
  • Check-ups regulares no veterinário para garantir que se encontra bem de saúde.

5. Cuidados a ter com cães

cão
Fonte: Unsplash

Dependendo da raça escolhida, um cão tem uma esperança média de vida de aproximadamente 15 anos. Por isso, deves garantir que nestes anos o teu fiel amigo tem todas as condições que precisa para crescer saudável e feliz.

Heis alguns cuidados básicos transversais a qualquer raça:

  • Alimentação adequada ao seu porte/peso, idade e raça. Se o cão é bebé, deves dar-lhe ração para cães No caso de ser adulto e castrado, deves dar-lhe a ração mais adequada para cães castrados;
  • Água limpa e fresca para manter os níveis de hidratação ao longo do dia;
  • Passeios diários para gastar energia, manter-se ativo fisicamente e fazer as suas necessidades na rua. Se precisar de ajuda para ensinar o cão a fazer as necessidades na rua, experimente os sprays educativos;
  • Fazer uma higiene regular para manter o pelo e unhas cuidados. Opta por corta-unhas, escovas para o pelo e produtos de banho para cães;
  • Visitas regulares ao veterinário e garantir que a vacinação está em dia;
  • Anti pulgas e desparasitantes são importantes para evitar doenças e pragas;
  • Brinquedos para se manterem ativos e ocupados, especialmente na tua ausência;
  • Casota ou cama para descansar;
  • Trela, coleira ou peitoral;
  • Atenção e companhia.

Custos médios com cada animal de estimação

De todas as opções de animais de estimação para apartamento que apresentamos aqui, os cães e os gatos são aqueles que exigem uma disponibilidade financeira maior.

Entre despesas com alimentação, saúde, higiene, e os acessórios e brinquedos, manter um cão pode custar cerca de 1.000€ por ano. Para suportar estas mesmas despesas, os custos médios anuais para ter um gato rondam os 850€.

No caso dos peixes, apenas tens o investimento inicial em adquirir o animal e o aquário, que custa em média 10€. Além disso, tens o encargo de comprar a alimentação do peixe. Todos os acessórios e decorações são opcionais. Feitas as contas, e tirando o investimento inicial, concluímos que ter um peixe custa em média 5€ por ano: o preço da comida para 12 meses.

Para teres um pássaro, tens os encargos mensais com a alimentação e alguns snacks. Um saco de comida para um mês custa certa de 2€ e alguns snacks custam cerca de 2,5€. Isto significa que irás gastar 4,5€ por mês, o que ao final de um ano dá um total de 54€ anuais.

Por fim, o custo médio mensal de ter um roedor, como um hamster, fica-se pelos 5€ (60€ por ano), uma vez que necessita apenas de comprar alimentação e feno. Os custos com brinquedos e acessórios são muito esporádicos e muitos deles opcionais.

Autor

A Catarina adora passar tempo em família, ver séries e não dispensa um bom livro. Descobriu recentemente o gosto pela escrita e por partilhar dicas e ideias sobre Casa e Decoração.

Comentários